O Ônibus

Amado Batista

Hoje vou ficar, muito machucado, por uma coisinha linda.
Ela vai partir, pra longe daqui, na tarde divida,
Ela vai partir, pra longe daqui, na tarde divida.
Algo discutir, com um forte abraço, e um beijo de adeus.
Vou esconder meu rosto, pra não ver seus olhos,
Ficando nos meus.
Vou esconder meu rosto, pra não ver seus olhos,
Ficando nos meus.
(côro)

Quando o ônibus, sumir na estrada,
Lágrimas vão rolar, nos olhos seus.
E olha lá paisagem, em mim vai pensando,
Gotinhas molhando, o rostinho seu,

Algo discutir, com um forte abraço, e um beijo de adeus.
Vou esconder meu rosto,pra não ver seus olhos,
Ficando nos meus,
Vou esconder meu rosto, pra não ver seus olhos,
Ficando nos meus.