CHEIO DE GÓRIA

Cicero Nogueira

CÍCERO NOGUEIRA - Cheio de Glória

CHEIO DE GÓRIA (Letra)

Cheio de Glória
Cicero Nogueira
Tem um homem de branco aqui neste lugar
Com mãos estendidas para abençoar
Seu peito cingido com cinto de ouro
Os seus olhos são como tocha de fogo
Seus pés semelhantes ao latão reluzente
É o filho de Deus que está presente
Como é gostoso este lugar
O lugar está cheio de glória
Tem fogo descendo, tem glória subindo
Tem frio se aquecendo, chorando e sorrindo
Tem crente nadando no rio da graça
Velho que parece que virou menino
Tem crente dançando tal qual Miriam
Isso é glorioso, é gostoso, é bonito
A igreja marchando para Canaã
Na alegria de quem saiu do Egito
Glória, glória, glória, glória
Tem anjo subindo e descendo
Levando pedido e trazendo vitória
Tem um homem de branco aqui neste lugar
Com mãos estendidas para abençoar
Seu peito cingido com cinto de ouro
Os seus olhos são como tocha de fogo
Seus pés semelhantes ao latão reluzente
É o filho de Deus que está presente
Como é gostoso este lugar
O lugar está cheio de glória
Tem fogo descendo, tem glória subindo
Tem frio se aquecendo, chorando e sorrindo
Tem crente nadando no rio da graça
Velho que parece que virou menino
Tem crente dançando tal qual Miriam
Isso é glorioso, é gostoso, é bonito
A igreja marchando para Canaã
Na alegria de quem saiu do Egito
Glória, glória, glória, glória
Tem anjo subindo e descendo
Levando pedido e trazendo vitória.

CHEIO DE GÓRIA (Letra)