Expressão Ativa

Imagem - 619511 - Expressão Ativa
Imagem - 619516 - Expressão Ativa
Imagem - 619514 - Expressão Ativa
Imagem - 619512 - Expressão Ativa
Imagem - 619507 - Expressão Ativa

Confira também : Todas as Músicas Expressão Ativa

Expressão Ativa no seu site

Mostre que você é fã do artista, coloque o link da playlist no seu site. Veja como fazer.

Álbuns mais tocados de Expressão Ativa

Confira também : Todos os CDs Expressão Ativa

Biografia

Expressão Ativa

Informação geral
Origem São Paulo, São Paulo
País Brasil
Gêneros Rap
Integrantes
MP
Mano Black
Dj Conjay
Teco
Caio Juice
Adriana
Expressão Ativa é um grupo de rap brasileiro.[1]
Antes do Expressão Ativa existir, o grupo teve outros três nomes: Cobras do Rap, Comunidade Cobra e Periferia 4. Existe desde 1994, originários da periferia da Zona Oeste da cidade de São Paulo, e é resultado da fusão com o grupo Força Alternativa.
Suas musicas tem estilo misto entre o rap de conscientização com a intenção gospel e mensagens pacifistas. Vêem Deus de uma maneira comum e independente da religião.

Discografia:
Dinastia (2000)
Na Dor de uma Lágr...

Ler mais

Comentários sobre Expressão Ativa

  • Allan Fernando Felix
    -

    essa musica entrou na minha mente, muito boa! 2014

  • aleffer
    -

    essa musica me lembra eu e o meus aliados andando de boa de carro eram tempos aqueles dias

  • Cah Oliveira
    -

    Verdadeiramente Jesus está voltando!

  • Cah Oliveira
    -

    Muito interessante a letra dessa música! Verdadeiramente Jesus está voltando...

  • Manoel Teofilo Neto
    -

    comestou atraz desse cd a muitos anos moro no rio e nao encontro como posso fazer

  • não deu valor a vida agora é tarde...

  • vick
    -

    essa e zica em

  • Tio Jorge
    -

    Aê,você que tem familia,cuide bem deles,e ensina a eles o que é certo.

  • stifler richards
    -

    mmmt loookkoo

  • ikaroapodytico
    -

    Falando De Paz
    Expressão Ativa

    A cem por hora meu coração bate
    Deus livrai-me de um infarte
    Não vou entrar em debate nem vou bater em ninguém
    É fácil chegar e "pei" mandar mais um pro além
    Mas tem a lei do vai e vem a mão divina pesa
    Eu oro em pensamento me afasto das trevas
    Não quero ser a presa outro funeral
    Já to sabendo que o bem também pode ser mal
    Quero pedir para os manos ter um pingo de consciência
    E que nem tudo é festa nem todo mundo é besta
    Pior que um tiro na testa é uma cadeira de rodas
    E você sentado ali quem te acertou não se incomoda
    Inconsciente um cara aramado se ve dono da razão
    Sobre a sala de um necrotério a um caixão
    Que prevalece a matança famílias querem vingança
    Quem procurar violência também sera uma vitima
    Eu prego a paz e mais mesmo no amanhã
    Se for preciso pa podia sei la
    Questão de sobrevivência o mundo é complicado
    Por enquanto eu só garanto não sou santo e nem diabo
    Tem tanto que aprender mas o pouco que sei
    Eu levarei nas canções que faço fiz e farei
    Grave bem o meu nome eu vou entrar em teu sonho
    Me descubra sou anjo ou demônio

    Aahh se os manos me ouvissem (manos me ouvissem)
    Paravam com essa guerra (sem a guerra)
    Vivendo em paz
    Aahh se os manos me ouvissem (manos me ouvissem)
    Moravam nessa terra (nessa terra)
    Falando de paz

    Esses sonhos tem suas verdades
    Que deixaram saudades
    Mas mesmo assim
    Faça real o teu sonho
    É como se diz (seja feliz)
    E vive de paz

    Eu tenho tantos motivos pra ser o inverso do que sou
    Me escuta e diz sobre o meu raio-x
    Tenho ódio magoas lagrimas guardadas
    E tem maluco até hoje ainda me jogando praga
    (não não não) não é por isso que esse negro vai perder a cabeça
    Sou do tipo vingativo mas vingar não presta
    Pilantra tem direito de viver (se pa tem)
    A justiça é pra todos ninguém julga ninguém
    Eu acredito na lei do vai e vem mano
    Tudo que aqui se faz aqui se paga moro
    Então se cuida meu que vagabundo é mato
    Pra te ferrar pe pa e bola morte é só um fato
    Na violência é assim o bem se torna ruim
    Cabeça fria esquenta e o santo vira capeta
    O trabalho da morte é perseguir quem esta vivo
    Quem procura ela te acha pra ser mais objetivo
    A lei de deus é rígida tenho que respeitar
    Independente do problema sempre é bom relevar
    Escuta teu anjo ele fala sério
    O diabo te encoraja pra leva-lo ao cemitério
    Mas prevalece o bem quem é de paz
    Vai ter força pra gritar sai de reto satanás
    As aparências enganam eu falo porque manjo
    Posso ter cara de demônio e com um coração de anjo

    Aahh se os manos me ouvissem (manos me ouvissem)
    Paravam com essa guerra (sem a guerra)
    Vivendo em paz
    Aahh se os manos me ouvissem (manos me ouvissem)
    Moravam nessa terra (nessa terra)
    Falando de paz

    Meu amigo morreu
    Uma bala o levou pra junto de deus
    Mas ele voltou em meu sonho
    Eu percebi quando eu vi
    Meu mano em paz

    E ai malandragem poe o xis na questão
    Ou você vive na paz ou vai em paz pro caixão
    Pessoalmente eu profiro caminhar certo
    Realmente nem sempre é bom ser esperto
    Meu deus (nosso deus)
    Deu o dom da vida
    E você afoga a toa em parada perdida
    Sim eu tenho coragem eu faço a minha letra
    Eu prefiro carregar de tinta a minha caneta
    Do que usar uma escopeta e sapecar alguém
    Coragem pra matar (pow pow) a maioria tem
    Se todo mundo é capaz vamos deixar bem gravado
    Paz paz deus seja louvado
    Pra quem consegue nos entender deus abençoe
    E quem discorda de nós oh que deus perdoe
    Nos desejem água ou nos desejem fogo
    Conforme for teu desejo que deus lhe de em dobro
    Ai sim mano veremos quem é quem
    Seu coração é tão cruel com seu rostinho do bem
    Eu pessoalmente tenho cara de demônio
    E um coração de anjo

    Se nesse momento o céu se abrisse
    E deus descesse em seu trono de luz
    E aqui na terra escolhe a mim
    Para conceder um único desejo mano
    Eu desejaria que você parece um pouco
    E me ouvisse

    Aahh se o mano me ouvisse (manos me ouvissem)
    Eu falo de paz
    Aahh se o mano me ouvisse (manos me ouvissem)
    Pratiquem a paz

    Aahh se os manos me ouvissem (manos me ouvissem)
    Paravam com essa guerra (sem a guerra)
    Vivendo em paz
    Aahh se os manos me ouvissem (manos me ouvissem)
    Se realmente me ouvirem
    Eu só peço que pratiquem a paz

    Rap Final:

    Mp, eu sou um enigma como meu nome,
    cujo sol sabe que o coração serão bons entendedores,
    pra desvendar o que realmente quero dizer,
    em cada letra, cada palavra, frase, estrofe, musica,
    longa ou curta, minha face é um tanto oculta,
    sou assim pra confundir aqueles que enchergam com os olhos
    e não consulta o coração, não escutam a razão
    e sempre acha que é dono dela,
    aqui também é favela, também sou pecador,
    cantor de rap nacional, tentando não errar mais do que ja errei,
    procuro saber o que diz, o que prega, o padre e o pastor,
    aie, mp, até mais mano, essa musica tem algo particular, de mim pra vc,
    de vc pra mim, vc ladrão, maluco que esteja em paz, até mais,

    EA essa é a cena. Aie!

  • ikaroapodytico
    -

    Um Isqueiro, um cachimbo, e uma pedra,
    O menino acendeu.
    Lá se vai sua inocência,a delinqüência agora o dominou.
    Amigo, eu não acreditei, ao te ver assim.

    Você é só mais um dos muitos, que morreram em vão,
    Pensando ser ladrão, com um tiro no coração.
    Volta

    Lembra da nossa infância,
    Lembra de Deus.
    O pacto sagrado que você e eu juramos
    Só amar (só amar), nosso Deus (nosso Deus).

    Mas o tempo não para menino, não pensa amigo,
    Que cresceu, e se esqueceu de Deus.

    O pacto foi quebrado,
    Eu vi o moleque bem louco ligado
    Um maluco se Pá !
    Ele já não pensa...

    Suas idéias já não constam,
    Seus amigos se afastam,
    Ele não sorri.

    Se os nóias te chamarem não vá,
    Resgata, sua vida, sai fora.
    Não num caminho triste.
    Não vá, não vá.

    Que tal se falarmos de Deus,
    Que não deve ser esquecido.
    A verdade, o motivo, a razão, pelo qual estamos vivos,
    Não vire, não dê as costas, não baixe a sua cabeça,
    Agindo desta forma, mostrará sua fraqueza.
    Um dominado, viciado, escravo da droga.
    Entrou de embalo, vacilou, pensando que era moda.
    Talvez um dia tenha sido, hoje é obsessão.
    O maluco viaja naquela overdose,
    Até estourar a veia do teu coração.
    Procuro a solução, eu quero é sobreviver.
    Eu também quero queimar uma guiba, cheirar uma coca,
    Eu não consigo me conter.
    Você se lembra quando me dizia?:
    Cuida da sua vida, e vê se deixa a minha.

    Hãm... vida? Que vida é essa irmão?
    Vida de cão, vira lata caminha sozinho na noite
    Aqui, sem dono na escuridão,
    Correndo atrás de pó,
    Fugindo do crack PA.
    Você se causa dó, mas não quer se tocar.
    Que a noite esta se acabando,
    E sua vida só começou.
    Te ofereceram a morte, você abraçou,
    Se esqueceu do nome de Deus, Contrariou seus princípios,
    Pra você cair no abismo, não foi nada difícil.
    Se atolou, se afogou, no beco sujo do vício.
    Endividado até o pescoço não pagou desde o inicio.
    Mistura, farinha, maconha, pedrinha,
    O estômago entoja seus olhos se afundam
    Com a sua cova...

    Volta...

    Lembra da nossa infância, Lembra de Deus
    Um pacto sagrado que você e eu juramos
    Só amar (só amar), nosso Deus (nosso Deus).
    Mas o tempo não para menino, não pensa amigo
    Que cresceu e se esqueceu de Deus.
    O pacto foi quebrado,
    Eu vi o moleque bem louco, ligado,
    Um maluco se PA...
    Ele já não pensa..

    Suas idéias já não constam,
    Seus amigos se afastam
    Ele não sorri.

    Se os nóias te chamarem não vá,
    Resgata, sua vida, sai fora.
    Não num caminho triste.

    Não vá, não vá...
    Não vá, não vá, não vá.
    Não vá, não vá, não vá.
    Neste caminho não.

    Pelo amor de deus.
    Não vá, não vá, não vá.
    Não vá, não vá, não vá.
    Não vá, não vá, não vá.

    E ae maluco?
    Nessas horas eu queria participar das suas ilusões.
    Entrar na sua mente, e poder te salvar.
    Te resgatar, pro mundo real novamente.
    A sua mãe está tão triste, mas tão triste
    Com a sua pessoa. Que ela prefere morrer.
    Ao invés de ver seu filho assim, desse jeito.
    Para um momento e pensa ta bom!
    Em Deus!!
    Pelo amor de Deus!

  • Mc Kbça Granfino
    -

    Loka Monstra

  • Paty
    -

    "Um homem chora, reza, ora,
    Pedindo à deus,
    A lágrima rola no canto dos olhos,
    Implora.
    Ah meu Deus!"

  • Paty
    -

    Muito boa!!

  • Artur73
    -

    Você fez, você faz.
    Mas Deus está de olho aberto.
    Não adianta se enganar.
    Errado é errado.
    E certo é certo.

  • coça
    -

    expresao volta logo meu

  • Maicon Robert
    -

    essa sim me faz lembrar varios manos da qebrada rolando uma lagrima aki estejem paz mlkda;(

  • tin
    -

    ai sim

  • rafamainovo
    -

    som loko ..so lembraças boas ... !!! rap nacional ...sempre !!!

  • nextt
    -

    essa musica se voce prestar atenção cara é de dar medooo haha

  • didi
    -

    "Pra quem foi, pra quem ficou
    De quem vai, de quem fica
    Só Deus explica, só Deus pra explicar
    Pra me conformar, assim é a vida
    Minha parte eu faço, a minha parte eu faço"

    A vida segue o sentido a caminho da morte eu sei
    (Mas não me acostumei...)
    Com cadáveres, flores dentro de um caixão
    Lágrimas dores dentro de um coração

    Não me interessa como está o tempo, não
    Dia de luto é muito sofrimento, então
    Um silêncio toma conta de quem chora por dentro
    E uma palavra de lamento, não pode amenizar
    Esse momento triste de quem deixou de existir
    Que nunca mais vai chorar, ou muito menos sorrir
    O céu escuro sustenta um temporal que não acalma
    Será chuva ou fúria, de Deus chorando pela alma
    Não sei, não posso entender porque sou só um réu
    Um réu que pode sentir que existe luz ali no céu
    Prontas pra perdoar alguém que acabou de morrer
    Numa viagem pro além
    E nada supera a dor de quem ficou pra trás
    Dos familiares, dos pais, os filhos choram demais
    O sino toca pra fechar o caixão
    Com gritaria, com choro, o pastor termina sua oração
    Mesmo sabendo que naquele corpo não há vida
    O sentimento de perda, bate na hora da partida
    Carregando uma rosa, cheguei perto da cova
    Com aquele aperto no peito, expresso o meu sentimento
    A multidão troca de mão pra carregar o corpo
    E eu olhando aquela cena, vi que a vida é um sopro
    Que a morte suga de volta no ultimo suspiro
    O peso do mundo levou mais seis espíritos
    Um minuto de silêncio tive esses pensamentos
    Só voltei a mim, porque durante aquele sepultamento
    Alguém gritou e eu ouvi ...
    Porque mataram o meu filho meu Deus
    Deus, meus olhos não vão resistir...

    Rola uma lágrima
    Só uma gota e nada mais
    Esse mundo é um rio de sangue
    Rola uma lágrima
    A minha lágrima a mais,
    Talvez não seja tão importante
    Rola uma lágrima
    Só uma gota e nada mais,
    Nesse mundo jorrando sangue
    Rola uma lágrima
    Só uma gota te pedindo a paz,
    Só uma lágrima e nada mais

    Canções da vida em notas tristes
    Musicas verdadeiras, nunca são passageiras
    Sempre tocam uma canção
    Que mexe com seu coração
    Então a saudade vem
    Te faz lembrar de alguém
    De um fato triste, lamentável, quase inaceitável
    Mais foi escrito assim, todo começo tem um fim
    Só lembranças e boas recordações devem ficar
    Pra continuar vivendo
    Pra não ficar sofrendo
    Olha ser humano, o céu está sorrindo
    O demônio está matando mas Jesus Cristo está vindo
    É isso que me move, a minha fé me dá certeza
    Morrer em vão não, morrer em Cristo assim seja
    Aceitar que alguém que você ama vá é difícil
    No jogo da vida a regra de Deus não é fácil
    Eu faço um sacrifício, só pra não chorar
    Mesmo chorando a todo tempo
    Você não vê mas eu choro por dentro
    Paz quem sou eu pra de dar?
    Mas ascenda uma vela
    Sou mensageiro dela
    Estou triste com tudo
    Talvez por ser verdadeiro
    Eu tenho medo do mundo
    Mas com coragem de guerreiro
    E os fortes também choram
    Isso é tão comum
    Os homens são sentimentais
    Entre mil eu sou mais um
    Uma rocha por fora
    Que não se escuta o choro
    Porque a dor da minha lágrima
    É a harmonia do meu coro

    Rola uma lágrima
    Só uma gota e nada mais
    Flutuando num rio de sangue
    Rola uma lágrima
    A minha lágrima a mais
    Talvez não seja tão importante
    Rola uma lágrima
    Só uma gota e nada mais
    Nesse mundo jorrando sangue
    Rola uma lágrima
    Só uma gota te pedindo a paz
    Só uma lágrima e nada mais

    Cansado, magoado
    Com medo e com coragem
    Meu coração bate assim
    Mais prejuízo que vantagem
    E com quase trinta anos de idade
    É assim que eu me vejo
    Sem fantasias sem desejos
    Eu não programo mais nada, nesse mundo
    Aliás, nunca fui de programar "HÁ"
    Porque amanhã nem sei se vou acordar
    Foi ontem, é hoje e o amanhã...
    Quem sabe eu chego lá
    Fazemos parte de uma história que só Deus criou
    Sou só mais um personagem
    Nesse mundo de horror
    Faço papel de escritor
    Escrevo a dor de uma lágrima
    Sentimental eu sou
    Com amor e com mágoa
    Até que chegue um ponto final no papel
    Que nunca foi o principal aqui na terra
    Mas tenho fé no céu
    Só acredito no céu
    E o paraíso existe mano
    De irmão pra irmãos
    Eu não preciso de mil lágrimas
    Pra mostrar minha dor
    Eu expresso ativando meu sofrimento
    Eu sou compositor
    Da paz
    Do ódio
    Da guerra e do amor
    Deus mandou a palavra
    Quando eu cantei você chorou
    Não quero ver ninguém triste
    Ou de tristeza chorar
    Basta crer que Deus existe
    Pra entender o que eu quero falar
    Não diga pra Deus
    Que você tem um problema, "OH"
    Diga pro seu problema que você tem
    Um Deus maior
    Chorar demais não adianta
    É por isso que eu canto
    Quem canta os males espanta mano
    Eu não vivo em prantos
    O ser humano faça da sua vida
    Uma canção, não chore
    Ouça o refrão eu vim pra te falar...
    Me ouça e decore

    É preciso crer
    Que exista um plano melhor
    Para os tantos corações
    Que voltaram as cinzas
    E das cinzas ao pó
    Não está só, não morreu(o espiríto é eterno)
    Só descansa mais um espírito(seja no ceú)
    Cujo corpo adormeceu(ou no inferno)
    Assim sempre esteve escrito
    O homem leu mas não compreendeu
    O quanto pesa o pingo de uma lágrima
    Do sangue que escorre
    Aos olhos de Deus

    Rola uma lágrima
    Só uma gota e nada mais
    Flutuando num rio de sangue
    Rola uma lágrima
    A minha lágrima a mais
    Talvez não seja tão importante
    Rola uma lágrima
    Só uma gota e nada mais
    Nesse mundo jorrando sangue
    Rola uma lágrima
    É grande a dor de uma lágrima.
    "Entre a terra e o céu
    hoje estou aqui, amanhã posso estar lá
    Estou na dor de uma lágrima"

  • princesinha
    -

    quando escuto esta musica lembro do meu irmão que foi morto prutamente.. expressão ativa obrigado por vcs farem musicas que nos comfortão tanto... magno meu mano fique com deus..

  • Joylson MP
    -

    essa mussica e verdadera ela e fera!
    parabéns expressão ativa sou teu fã.

Expressão Ativa