Sainha Amarela

Gabriel Valim

Gabriel Valim - Somlivre

Sainha Amarela (Letra)

Quando ela põe
A sainha amarela

A gente se conhece brinca desde
Criança mais eu não
Resisto quando ela dança não
Sei se é intimidade
Ou é para provocar
Fica esfregando quando
A gente vai dança
Vou chega junto
Ela cresceu ficou gostosa
Ta top, sensual, ela ta deliciosa
Fica insinuando passando
A mão no cabelo
Amigo de mulher é cabeleireiro

Quando ela põe
A sainha amarela
E cola do meu lado
eu paro e paro na dela
eu fico alucinado de olhar
A sainha dela

Sainha Amarela (Letra)