De Repente (Fazer neném)

Guilherme Arantes

De Repente (Fazer neném)(Letra)

De repente
eu me sentia leve, leve, leve
eu me sentia in love
Madrugada clareando em breve, breve, breve
a lua semibreve
A cabeça passeando longe, longe, longe
cabeça de monge
Eu dançando com você
me perco, perco até a noção que dia é hoje
Tudo vai se iluminar, é claro
com você eu fico transparente, rente
rente que nem pão quente, meu bem
Sabe que comigo
pode vir que tem
Pode virar a mesa eu vou também
Se é pra sair da casca, ir além
Fazer aquilo tudo
e até neném...

De Repente (Fazer neném)(Letra)