Linhas Tortas

Haikaiss

Linhas Tortas(Letra)

A linha é torta, o traço é firme,
A voz da consciência ensine, então me ensine,
Aprendo todo dia um guia, pra que eu não combine,
Com toda essa tirania, das magazine,
Domaram meu barco e todo mundo cego,
Me ensinaram a carregar, mas eu não carrego,
O ego, num é lego, ta mais pra prego doutor, e num me nega a compor,
Uma homenagem, pros canalhas falhas, texto amador,
O criatura, que é isso criatura?
Adiciona mais três zeros pela minha assinatura, (Olá)
Me eternizei como LP, (Olá)
De SP se sabe quem, sem eu dizer, (Explora)
Motivação foi secular, talvez um dia eu vá voltar,
Só pra viver tudo de novo, (Olá)
Na gastação pode chegar, cola,
Só não arrasta que a minha vida não é um jogo..



Espero que tu me espere,
Nem sempre o desejado, é tudo que todos querem,
Nem todos que tudo querem, vivem do jeito que querem,
O que me impede? Deixa eu fazer parte da série, por favor papai me libere,


(Destacado eu vejo tudo acontecer, entre linhas, malicia pode se esconder)


Tempo pra compreensão, instrumental de ouro,
Amenizo o silencio, ô, quem precede o esporro?
A intenção é tentar viver la (Ahh..)
E a intenção é tentar viver la no vácuo,
Fabrica de animais feitos de pele, osso e aço,
Independência, faz parte do meu mero trabalho,
E eu não tinha trabalho, ate ele ser valorizado,
E a minha escolha, foi se a ovelha negra,
Estudando música, pra ver ate onde o ouvido chega,
Eu não tive esse dom, de aguentar o patrão,
Exploração, a professora me explicou, mas eu não intendi a lição..



(Controlei meus passos, passo largo estica a rua,
Remédios desvendam onde a cabeça se situa,
Piso no cadarço proporção de pouco espaço,
Hoje quem planta semente atura maluco de lua) (2x)



Maluco vivido se pá muito tempo, que eu não vivo esse momento,
E como faz? (Se me viro pra traz), me perco em minhas linhas 1 minuto de paz,
Se foram vultos, dentro de um conjunto, eficaz, (Bônus)
Que suspeitosos facilitam os tais, (Contos)
Se junta com o filho, do filho da puta, te impede a conduta,
Te fere e te passa, (Um trigo na taça!)
(O que que se vai faze?)
Eu sei que é embaçada a camiseta escrito LUTO,
Mas aqui brinca de Deus, é brincadeira de adulto,
Uma par de tumultos, maluco articulo, os interesses,
Pessoais que te corroem, eu sei que o cifrão, já fez o vilão, fazer o herói,
Escrito em linhas tortas meu destino,
Mas não vou cantar o hino, eu aprendi desde menino,
Eu não desaprendi, eu garanto que ainda sei fazer,
Meu mano eu te garanto que ainda sei fazer,
Provei do veneno, revelo o segredo, medo é quem controla o fim,
Se eu não confio em você melhor não confiar em mim..


(E assim destacado, eu vejo tudo acontecer,
Entre linhas malicias podem se esconder,
Sem cuidado, pra deixar tudo acontecer, tão natural só natural pode ver!)



Eu já vivi por maldições que foram uma (Tenção)
Fiz coisas certas, que eram o oposto do que (Pensam)
Suas fraquezas foram postas, lavai que (Venha são)
Eu vou na fé, no horizonte paralelas se (Vendam),
Vindo da argila, já fui macaco hoje, sou gorila,
Me jogaram pedras, lindos brilhantes após poli-las,
Juntei com alguns limões que eu pus dentro da minha mochila,
E eu vou fugir do cativeiro, enquanto o ciclope cochila, se,
Deus interfere é porque é livre-arbítrio, tem quem promete,
O mal não acaba é parte do edifício, tudo é escolha o fim culmina,
E o novo início, o indicio, viver ao mano, o transcender é difícil,
Observe meu olhar, de parte homem parte lobo,
Pra obter um 't” de sábio, já me fizeram de bobo,
Quem diz quanto vale a vida, me diz quanto vale o ouro?
Me define escravidão, que eu te defino todo um povo..



(Controlei meus passos, passo largo estica a rua,
Remédios desvendam onde a cabeça se situa,
Piso no cadarço proporção de pouco espaço,
Hoje quem planta semente atura maluco de lua) (4x)

Linhas Tortas(Letra)