Como se fosse hoje eu me lembro
Uma tarde de setembro me perdi no seu olhar
Olhos castanhos lindos cor de mel
Me senti perto do céu, quando pude te beijar

O tempo vai passando e eu te amando demais
Meu coração palpita, profundo amor, tamanha paz
E deus a nos abençoar

Hoje sou, sou um refém
Dos olhos castanhos de alguém!

Você minha pequena, minha linda, faz parte da
minha vida ou meu cantar.
O brilho desses olhos é tão bonito, ilumina infinito feito mágica
no ar.

O tempo vai passando e eu te amando demais
Meu coração palpita, profundo amor, tamanha paz
E deus a nos abençoar

Hoje sou, sou um refém
Dos olhos castanhos de alguém!