Editar Biografia

Biografia Luan Santana

  • Nome completo:Luan Santana
  • Nascimento: 13 de Março de 1991, (24 anos)
  • Origem:Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil
  • Começou há:8 anos em 2007
  • País:BrasilBrasil
De Campo Grande (MS) para o Brasil. Assim está sendo a carreira meteórica de Luan Santana, que começou há oito anos graças a um amigo que postou um vídeo no youtube do garoto cantando. Ao deixar as músicas sertanejas mais pop e animadas, seguindo a linha do sertanejo universitário, o galã teen é sucesso absoluto. Com praticamente 25 apresentações por mês, 300 por ano, Luan, que é cantor e compositor, é um fenômeno e tem um dos maiores cachês da atualidade. E tudo isso graças aos seus fãs, que já somam mais de 1 milhão no Instagram e 9 milhões no facebook. Muito premiado, ele já ganhou o Grammy Latino, Prêmio Multishow e Troféu Melhores do Ano e ficou entre os mais populares internet na frente até de Britney Spears e Coldplay.

Infância talentosa

Luan nasceu em 13 de março de 1991 e desde pequeno canta músicas sertaneja pela casa. Para incentivar, já que o menino era bem afinado, o pai lhe deu um violão. Luan, que tem uma irmã mais nova, além de cantar, tenta tocar algumas notas no instrumento que vira o seu melhor amigo. Até para a escola ele levava o instrumento para tocar nos intervalos. O garoto morou em Campo Grande (MS) até os oitos anos, mas devido às transferências de seu pai, ele passou por Maringá (PR), Manaus (AM) e Ponta Porã (MS).

Aos 12 anos, ele se destaca no show de talentos da escola onde estuda em Maringá (PR). E aos 14 faz uma festa em Jaraguari, em Mato Grosso do Sul, para a sua primeira gravação. Ele apresenta um show e a música de destaque é “Falando Sério”. Tudo é feito de forma amadora e não o deixa satisfeito. Mas um amigo coloca mesmo assim a gravação no youtubee os ouvintes de Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e Paraná começam a pedir a música.

O menino decide investir na música

Em 2007, na cidade de Bela Vista (MS) ela sobe ao palco pela primeira vez, mesmo sem nunca ter cantado profissionalmente e nem ter gravado uma música em estúdio. Tudo acontece por conta de seu sucesso na internet.

Luan então começa a fazer shows e com a agenda cheia resolve gravar o seu primeiro CD durante os shows que faz pelo Brasil. Em 2009 “Tô de Cara” fica pronto e duas músicas são sucesso absoluto, a que dá nome ao disco “Tô de Cara e “Meteoro”, presente que ele ganha de um dos maiores compositores do momento, o Sorocaba, da dupla Fernando & Sorocaba. “Meteoro” estoura e Luan passa a ser conhecido em todo o Brasil. De acordo com a revista de música Billboard Brasil essa é a música mais tocada nas rádios. O CD vende 50 mil cópias e o vídeo de “Meteoro” atinge 10 milhões de views. Os shows começam a bater recordes de público e as fãs aumentam a cada dia.

Tudo mais profissionalizado

Em 2009 vem o segundo álbum e o primeiro DVD, também gravado ao vivo, mas agora em Campo Grande (MS) com um público de 85 mil pessoas. “Luan Santana – Ao Vivo” é sinônimo de sucesso com “Você não sabe o que é Amor”, “Sinais” e “Chocolate” (escrita por ele) que estão entre as 17 canções presentes no trabalho. Ele então ganha Duplo de Platina pelas 300 mil cópias vendidas e fecha 2010, segundo a Associação Brasileira de Produtores de Discos, como o maior vendedor de discos do Brasil.

Como as músicas do segundo CD fazem muito sucesso, ele é convidado para participar de uma das maiores festas de peão de boiadeiro de São Paulo, que é a que acontece em Barretos e tem uma plateia de 50 mil pessoas. Luan já é considerado um fenômeno da música sertaneja.

Em 2010, ele vence o Prêmio Multishow na categoria cantor revelação do ano. Mas a correria é tanta que Luan vai parar no hospital por causa de uma forte gastroenterite com virose, que infelizmente o impede de participar do Carnaval de Salvador.

Ainda neste ano, o cantor faz uma participação na novela teen Malhação, da Rede Globo e vai a diversos programas de TV como o principal ídolo teen sertanejo.

Ano especial
Em 2011 ele lança “Luan Santana ao Vivo no Rio”, gravado no HSBC Arena. O show é cheio de efeitos especiais e tem 16 músicas inéditas, entre elas “Não Era pra Ser”, “Palácios e Castelos”, “A Bússola” e “Super-Herói” e mais quatro regravações. Luan também conta participações pra lá de especiais neste álbum. Em “Química do Amor”, ele faz um dueto com a musa do axé Ivete Sangalo e em “Meu Menino, Minha Menina” ele divide o microfone com a cantora espanhola naturalizada mexicana Bellinda. Zezé de Di Camargo e Luciano também participam da gravação deste trabalho. Além destas canções, os destaques ficam para “Adrenalina”, “Um Beijo”, “As Lembranças Vão Na Mala” e “Amar não é Pecado”, que vira tema da novela Morde & Assopra, da Rede Globo.

Ainda em 2011 ele recebe o troféu Melhores do Ano na categoria de melhor cantor, do Prêmio Melhores do ano do Programa Domingão do Faustão. O single “Meteoro” também vence como melhor música. Ele também vence na categoria melhor show o Prêmio Multishow de Música Brasileira.

E foi neste mesmo ano no Festival de Verão de Salvador que Luan tem uma indisposição e precisa sair do palco. Mas totalmente recuperado ele canta lindamente no Brasilian Day, show promovido pela Rede Globo em Nova Iorque (EUA). Mais de 2 milhões de pessoas assistiram a sua apresentação. Esta foi a primeira vez que Luan Santana fez um show fora do Brasil.

Veia de compositor

No ano seguinte, Luan entra em estúdio para finalizar [b]“Quando Chega a Noite” e dessa vez os sucessos ficam por conta de “Você de Mim Não Sai”, “Nêga” e “Incondicional”. Este CD conta com sete canções compostas por Luan e produção de Fernando Zorzanello Bonifácio, da dupla Fernando & Sorocaba. Luan então é indicado ao Grammy Latino e este álbum é o mais vendido de 2012, com 300 mil cópias. A canção "Você de Mim Não Sai" entra na trilha sonora de Avenida Brasil, uma das novelas de maiores sucessos da Rede Globo.

Este trabalho ainda rende o seu primeiro clipe com a música “Te Vivo”. Cheio de romantismo, ele conta a trajetória de um casal e no filme Luan vira um velhinho.

Luan está em seu melhor momento e faz cerca de 300 shows por ano e colhendo os frutos de toda a sua dedicação ele tem diversas indicações no Prêmio Multishow. Em 2013 ele ganha o Troféu Imprensa, das mãos de Silvio Santos, como melhor cantor ao lado do cantor Roberto Carlos.

E em 2013 ele grava o EP “Te Esperando”, pela Som Livre, com 4 faixas inéditas: “Te Esperando”, “Sogrão Caprichou”, “Garotas não Merecem Chorar” e “Cabou, Cabou”.

Aliás, a música “Te Esperando” ganha um clipe que conta com a participação da atriz Giovanna Lancelotti e algumas imagens futuristas.

Também neste ano Luan grava o CD e DVD “O Nosso Tempo é Hoje” gravado no interior de São Paulo. O show tem muita tecnologia e parece uma rave. Singles de destaque não faltam: “Cê Topa”, “O nosso Tempo é Hoje”, “Um Brinde ao Nosso Amor” e “Tudo Que Você Quiser”, “Multiplica”, “Te Esperando”, “Garotas Não Merecem Chorar”, “Cabou Cabou”, entre outras.

Novo trabalho

E comemorando seus oito anos de carreira, neste ano, em 2015, Luan divulga o CD e DVD “Acústico”, também pela Som Livre. Gravado em estúdio, mas com uma ambientação voltada para os anos 50/60, tem canções novas e sucessos antigos com novas roupagens, como “Escreve Aí”. Não faltou “Meteoro”, “Você Não Sabe o Que é o Amor”, “Amar não é Pecado” e “Falando Sério”. Ele conta com a participação Aaron Sterling, baterista de John Mayer, nas 20 faixas do show. O teaser de lançamento do DVD divulgado no youtube parece um trailer de cinema.

Este trabalho rende os clipes “Escreve aí” feito com imagens do seu show acústico e “Eu Não Merecia Isso”, uma animação inspirada no movimento artístico Pop Art dos anos 50.

Vida pessoal

Em 2011 Luan vê as coisas melhorarem e com o seu cachê que é em torno de R$ 300 mil ele compra uma mansão em Londrina, no Paraná. Ele também tem um jatinho e um carrão. E apesar de megasedutor, depois do término do namoro com a estudante de moda Jade Magalhães, Luan não assumiu mais nenhum relacionamento e afirma estar solteiro, embora ele flerte com uma e outra.

Além disso, Luan é campeão de vendas de licenciamentos e há cerca de produtos com o seu nome, entre eles cadernos, pulseiras, canetas, correntinhas, entre outros.