Biografia - Os Super Quentes

A parceria entre os conjuntos Renato e Seus Blue Caps e The Fevers, no final dos anos 60, já vinha dando bons frutos, ou melhor, bons discos com o Big Seven. Porém, Evandro Ribeiro, presidente da CBS, percebendo o potencial dos dois grupos, apostou num projeto mais ousado ainda, e assim, em 1970, criou Os Super Quentes, fantástico grupo de estúdio com os Blue Caps e os Fevers mais as eventuais participações de artistas de peso como Golden Boys, Ed Wilson, Trio Esperança e o tecladista Lafayette.
Esta turma costumava se reunir em segredo, nos estúdios da CBS, no Rio de janeiro, nas altas horas da madrugada e juntos promoviam grande festas nas sessões de gravação, tudo registrado em discos fenomenais, sem maiores informações ou créditos, que traziam em suas capas lindas mulheres ou casais jovens em momentos ternos.
No repertório, muitos sucessos regravados, bonitas e bem elaboradas releituras de sucessos nacionais e internacionais, as canções eram revestidas de belos vocais, quase todas, banhadas pelos excelentes solos de teclado de Lafayette.
Os Super Quentes lançaram uma série de mais de dez LPs pelo selo Entré da CBS, entre 1970 e 1975. É importante frisar que estes antológicos grupos conceituais da CBS, devem muito ao grande Evandro Ribeiro, presidente da gravadora na época, e o homem que lançou a jovem guarda e também oi responsável pela ascenção de muitos artistas "cafonas" dos anos 70. O interessante é que Evandro não gostava de música popular, sua grande paixão era a música clássica. Evandro Ribeiro faleceu em 1986.

Músicas Os Super Quentes

Os Super Quentes