Não peça pra vida, o que avida nao pode te dar.
Não peça pra onda, o que é lá do fundo do mar.
Não deixe que a vida apague, minha imagem do seu olhar.
Que enche e te leva da boca o gosto de amar.

Não cole envelope se a carta ainda esta de fora
Correios não falam, mas levam as paixões embora
Se os rios não fossem tão doce
Se os mares não tivessem sais
Se não fossemos tão cabeça dura seriamos iguais

Não posso te obrigar nem te prender
Vou esperar o amanhecer pra você ver o quanto doe ficar sozinha
Não cobre sua dor da solidão
Nem vem culpar meu coração pelas besteiras que o seu amor fazia
Pra não chorar um dia