Esporrei na Manivela

Raimundos

Entrei no trem, esporrei na manivela
Cobrador filha-da-puta me jogou pela janela
Caí de quatro com o caralho arregalado
E uma véia muito escrota me levou pro delegado
O delegado tinha cara de veado e me mandou tomar no cu
Tomei no cu, mas tomei no cu errado
Quando eu menos percebi era o cu do delegado

-O coletivo é muito bom para sarrar
Pois o povo aglomerado sempre tende a se esfregar
Com as nega véia é perna aqui perna acolá
E se a xereca é mal lavada faz a ricota suar
fala cabeça
-Se é nos calombos ou nas freadas
Se é nas curvas ou nas estradas
São situações propícias para o ato de sarrar
No coletivo o que manda é a lei do pau
Quem tem, esfrega nos outros
Quem não tem só se dá mal

Seu delega
É o seguinte
Seu delegado, lebera aí os minino
O Raimundos é gente boa, seu delega
Você também é chegado no negoço aê doutô
O que que é?
Manera malandro.
Aê doutô
Vamo é cantar o rock pra você
Você é gente boa
Rock Menino, pro cacete do delegado!
.