Poema (1962)

Renato Guimarães

Poema (1962)(Letra)

Poema
É noite escura de amargura
Poema
É a luz que brilha lá no céu
Poema
É ter saudades de alguém
Que a gente quer e que não vem
Poema
É o cantar de um passarinho
Que vive ao leo,
Perdeu seu ninho
É a esperança de o encontrar
Poema
É a solidão da madrugada
Um ébrio triste na calçada
Querendo a Lua namorar


Declamação de Enzo de Almeida Passos


Poema
É a solidão da madrugada
Um trovador em serenata
Querendo a Lua namorar
Poema é tristeza
É alegria
É um romper de um novo dia
É a dor cruel de uma paixão
Poema é um poeta apaixonado
A escrever desesperado o que lhe vai no coração



Poema
É o cantar de um passarinho
Que vive ao leo,
Perdeu seu ninho
É a esperança de o encontrar
Poema
É a solidão da madrugada
Um ébrio triste na calçada
Querendo a Lua namorar

Poema (1962)(Letra)