Comunhão - Guilherme De Sá e Banda Rezza

Rosa De Saron

Palavras tão pequenas,
causando tanto estrago.
Abraços disfarçados,
olhar atravessado.
Pra que viver assim na casa do Senhor,
pois, se há espaço reservado pro amor?

Somos a semelhança,
a imagem de um homem
que perdoou pecados,
mas nunca acusou.

Abrace o seu irmão,
esqueça o que passou,
convide ele pra cantar essa canção.

Sou morada do amor.
Meu olhar flui a paz.
Meu abraço é calor.
Meu sorriso desfaz
toda angústia e dor,
pois imagem eu sou,
semelhança do Pai.
Harmonia se faz.
Em mim, é lugar de comunhão.
Em ti, é lugar de comunhão.
Em nós, é lugar de comunhão.