Um Pingo De Amor Chorado

Ton Oliveira

Ton Oliveira

Um Pingo De Amor Chorado (Letra)

Ton Oliveira

Seus planos não são aceitos
Seus erros vêem de berço
Eu não vou contar um terço
De parte dos seus defeitos
Não me venha com direitos
Que eu conheço seu passado
O seu charme fracassado
Não me’humilha nem afronta

Refrão:
Não pense que eu faço conta
De um pingo de amor chorado
Um pingo de amor chorado
Um pingo de amor chorado
Não pense que eu faço conta
De um pingo de amor chorado

Você usou covardia
Quando me mandou embora
Procurou me dar um fora
Porque pensava que eu ia
Lhe chaleirar todo o dia
Mas seu plano deu errado
Foi muito bem empregado
Pra você não ser mais tonta

(Refrão)

Você me deixou porque
Zombava do amor nosso
E agora arranjou um troço
Que quem domina é você
Se quiser dar nele dê
Que ele corno conformado
Você monta no safado
Mas em mim você não monta

(Refrão)

Não pense que eu vou roer
Fique com seu beberrão
Que ele vai jurar que não
Mas sempre gostou de beber
O jeito é você viver
Com esse amaldiçoado
Que ele já está acostumado
E nem liga se leva ponta

(Refrão)

Você agora me diz
Que vive a felicidade
Mas eu sei que na verdade
Sou eu quem vive feliz
Assim o destino quis
Eu não me sinto culpado
O seu castelo enfeitado
O seu passado desmonta

(Refrão)

Letra enviada por: José Inácio (Alagoa Grande-PB

Um Pingo De Amor Chorado (Letra)