Meu telefone tocou
Quase não acreditei
Era você, você, você, você

Meu coração disparou
A minha mente pirou
Pensei vai ser desta vez

Botei roupa nova
Fiz barba, perfume
Fui no espelho pra ver
Ensaiei o que dizer

Na hora marcada
Te peguei em casa
Hoje coro vai comer
Só vai da eu e você

Queria um drinque
Eu fui buscar pra beber
Chegando lá cade? cade? cade? cade?

Só pode estar de sacanagem
Ou eu to vendo miragem
Acende depois me apaga
Então some na balada