Boca Sem Dente - Bagaço da Laranja

Add
Boca Sem Dente - Bagaço da Laranja (Letra)
Compositor: inserir
Boca Sem Dente

Aquela boca sem dente que eu beijava
Já está de dentadura
Aquela roupa velha que você usava
Hoje é pano de chão

Mandei reformar o barraco
Comprei geladeira e televisão

E você me paga com ingratidão

Mas o que mais me revolta
É que não reconhece o que eu fiz por você
Obra da fatalidade eu ser desprezado
Sem saber porque

Você zombou de mim
Só fez me aborrecer
Sinceramente
Eu hei de te ver sofrer

Bagaço da Laranja

É que eu fui no pagode
Acabou a comida acabou a bebida
Acabou a canja
O que que sobrou
O bagaço da laranja
Sobrou pra mim
O bagaço da laranja

E disseram lá no céu
Que a mulher do anjo é anja
Eu disse a você
Sobrou pra mim
O bagaço da laranja

Eu não vou lhe dar mais nada
Vê se você se arranja
E sobrou pra mim
O bagaço da laranja

O nega tu toma cuidado
Tu olha pro lado
E a polícia te manja
Sobrou pra mim
O bagaço da laranja

Minha saia é rendada
Minha saia é linda
Cheia de Missanga
Sobrou pra mim
O bagaço da laranja

Dou dinheiro pra esta nega
Fazer minha feira
Mais ela esbanja
Eu disse a você
Sobrou pra mim
O bagaço da laranja

A comida do Zeca Pagodinho
A comida do homem é só canja
Sobrou pra mim
O bagaço da laranja

Informações

da Música (Boca Sem Dente - Bagaço da Laranja)

Editar Informações

Comentários Boca Sem Dente - Bagaço da Laranja

  • Comentar
      Foto do Álbum