Compositores De Verdade (Letra)
Compositor: inserir

(A razão do meu sucesso
Não sou eu nem é minha versatilidade
É que eu gravo com uma pá de pagodeiros
Que são compositores de verdade) Bis

Eu sou do pico da colina maldita
Se Deus desse asa a cobra
A um punhado de bambas
Já mandei minha negra pro inferno
Também viajei no apolo do samba

Sou produto do morro
Sou malandro rifle nesse mundo cão
Gatuno que entra na casa de pobre
Toma tapa da minha sogra sapatão

E depois sai gritando pela rua
Pega eu que sou ladrão

E o Chico também não deu sorte
Para o bicho feroz tem uma planta maneira
Liberdade é um lindo samba de quadra
Fruto da minha querida mangueira

Veja bem que o malandro era forte
Mas Si pouco a pouco foi quem lhe amarrou
E virou comida de piranha
Porque não aprendeu ser um bom sofredor

Virou comida de piranha
Porque não aprendeu ser um bom sofredor

A razão do meu sucesso
Não sou eu nem é minha versatilidade
É que eu gravo com uma pá de pagodeiros
Que são compositores de verdade

Ele se diz da pesada porém
É um Judas traidor
Quis bagunçar o meu coreto
Fez a cabeça sozinho esqueceu do vovô

Veja bem que o mané só fez graça
E o que fez do pai véio 171
Ele vendeu a vaca da vovó
Pra um tal Zé Fofinho de Ogum

Ele vendeu a vaca da vovó
Pra um tal Zé Fofinho de Ogum

Seu Federal já falei com você
Crocodilo comigo acaba no pinel
O fruto cagoete foi parar no inferno
Como é que ele pode perder lá no céu

É por isso que eu vou contar até três
Pra tu sair da aba do meu chapéu
Aqueles morros que eu exaltei
É do Pedro Butina e eu posso provar
Joel diz que não tem culpa
Se ela não tem aonde morar

(Saudação as favelas é do Célio Fernandes
Todos do morro do galo que é meu lugar) Bis
Informações

da Música (Compositores De Verdade)

Editar Informações

Comentários Compositores De Verdade

  • Comentar
      Foto do Álbum