Monólogo ao Pé do Ouvido (Letra)
Compositor: inserir
Modernizar o passado
É uma evolução musical
Cadê as notas que estavam aqui?
Não preciso delas...
Basta deixar tudo soando bem aos ouvidos

O medo da origem ao mal
O homem coletivo sente a necessidade de lutar
O orgulho, a arrogancia, a glória...
Deixa a imaginação de domínio

São demônios os que destroem o poder bravio da humanidade
Viva Zapata, viva Sandino, viva Zumbi, Antônio Concelhero
E todos os panteras Negras
Lampião, sua imagem e semelhança
Eu tenho certeza, eles também cantaram um dia...
Informações

da Música (Monólogo ao Pé do Ouvido)

Editar Informações

Comentários Monólogo ao Pé do Ouvido

  • Comentar
      Foto do Álbum