Fado Tropical (Letra)
Compositor: inserir
Oh! musa do meu fado
Oh! minha mãe gentil
Te deixo consternado, no primeiro abril
Oh! não sê tão ingrata, não esqueça de quem te amou.
e em tua densa mata, se perdeu e se encontrou.
Ai, esta terra ainda vai cumprir seu ideal, ainda vai
tornar-se um imenso Portugal.
Com avencas na caatinga, alecrins no carnaval, licores
na moringa, um vinho tropical.
E a linda mulata, com rendas do Além-Tejo, de quem
numa bravata arrebatou um beijo.
Ai, esta terra ainda vai cumprir seu ideal, ainda vai
tornar-se um imenso Portugal.
Guitarras e sanfonas, jasmins, coqueiros, fontes,
sardinhas, mandioca, num suave azulejo.
O rio Amazonas, que corre Trás-os-Montes, e numa
pororoca, desagua no tejo.
Ai, esta terra ainda vai cumprir seu ideal, ainda vai
tornar-se um imenso Portugal.
Ai, esta terra ainda vai cumprir seu ideal, ainda vai
tornar-se um imenso Portugal.

Informações

da Música (Fado Tropical)

Editar Informações

Comentários Fado Tropical

  • Comentar

    Álbuns com a música: Fado Tropical

    • Fado Tropical - As Forças Da Natureza
      Foto do Álbum