Homenagem a Olinda, Recife e Pai Edu

Add
Homenagem a Olinda, Recife e Pai Edu (Letra)
Compositor: inserir
Eu tava na beira da praia
Ouvindo as pancadas das ondas do mar ( bis )
Esta ciranda quem me deu foi Lia
Que mora na ilha de Itamaracá ( bis )

Vim do Recife, um rapaz me perguntou
Se na ciranda que eu vou, se tinha muitas morenas
Eu disse, tem: loiras, morenas, mulatas...
Dessas que a morte mata e depois chora com pena

Esta ciranda quem me deu foi Lia
Que mora na ilha de Itamaracá ( bis )

Mandei fazer uma casa de farinha
Bem maneirinha que o vento possa levar
Oi pára o sol, Oi pára a chuva, Oi pára o vento
Só não pára o movimento da cirandeira rodar

Esta ciranda quem me deu foi Lia
Que mora na ilha de Itamaracá ( bis )

Quando pego na minha caixa de guerra
Cirandeira, sua saudade me encerra
Oh cirandeira do meu coração!
Meu avião vai pousar em outras terras

Esta ciranda quem me deu foi Lia
Que mora na ilha de Itamaracá ( bis )
Informações

da Música (Homenagem a Olinda, Recife e Pai Edu)

Editar Informações

Comentários Homenagem a Olinda, Recife e Pai Edu

  • Comentar
      Foto do Álbum