Editar Biografia

Biografia Daniel

Daniel nasceu no interior de São Paulo e desde pequeno tem o sonho de cantar. Com muita persistência, Daniel começa sua carreira fazendo dupla com João Paulo e eles ficam mais de 10 anos até estourar no Brasil inteiro, lotar as casas de shows e vender mais de 1 milhão de CD’s. Ao atingir o topo, Daniel perde o seu companheiro e precisa seguir sozinho, mas ele consegue manter sua carreira no auge. Com músicas que ficam entre as mais tocadas no Brasil, Daniel aproveita para contar sua história em uma autobiografia e também se arrisca muito bem como ator. Ele também ganha o Grammy Latino e é considerado um dos maiores cantores sertanejos e românticos do Brasil.

Começo difícil

Desde criança Daniel gosta de cantar e tocar violão. José Daniel Camillo nasceu em 9 de setembro de 1968, em Brotas, cidade do interior de São Paulo. Sua família e os seus amigos sempre o incentivava a participar de festivais na região. E é em uma dessas apresentações que ele conhece José Henrique dos Reis, o João Paulo, que tem uma dupla com o irmão. Quando João Paulo sai da dupla, os dois que já estavam superamigos resolvem cantar juntos e em 1980 começam a fazer pequenos shows como José Neri e Daniel. Pouco tempo depois, eles aceitam a sugestão de alguns amigos para trocar o nome por João Paulo & Daniel. Eles então seguem na batalha para conseguir um lugar ao sol na carreira musical, e continuam se apresentando em circos, festas e festivais.

Determinação não falta para a dupla

Em 1985, eles realizam o sonho de gravar o primeiro CD “Amor Sempre Amor”. Ainda sem gravadora, quem financia o disco é José Camillo, pai de Daniel, que ajuda muito na divulgação do trabalho dos meninos. As músicas de sucesso ficam por conta de “Brincar de Esconder”, “Caminhoneiro do Amor” e “Ninguém Prende Ninguém”.

Cheios de convicção de que as coisas vão acontecer, os meninos seguem divulgando seu trabalho nas rádios do interior de São Paulo. É durante esse trabalho que eles conhecem Hamilton Régis Policasto, que se oferece para ajudar a divulgar e vender os shows da dupla. Ele se torna o empresário da dupla e segue com Daniel até 2009, quando o cantor funda a sua própria empresa.

Em 1987 eles lançam “Planeta Coração” e as músicas “Paloma” e “Planeta Coração” se destacam.

Dois anos depois, é a vez de “João Paulo & Daniel” com a canção “Desejo de Amar” que faz os meninos ficarem conhecidos em todo o Brasil. A música já tinha feito sucesso na voz de Eliana de Lima e agora se destaca novamente.

O tão desejado sucesso está chegando

E mesmo dez anos depois de terem se conhecido e começado essa batalho, a dupla não desiste. E em 1992 eles lançam o quarto LP “João Paulo & Daniel” e os hits ficam por conta de “Tá faltando amor”, “Gosto de Hortelã” e “Fogo de amor”.

E o grande dia chega! Em 1994, o quinto CD, novamente com o nome, “João Paulo & Daniel” estoura de norte a sul do país e as músicas da dupla tocam muito nas rádios. “Só dá Você na Minha Vida”, “Dia de Visita”, “Rosto Molhado”, “O Cheiro Dela” e “Cuida de Mim” são os principais destaques. Eles ganham disco de ouro e de platina, somando 350 mil cópias vendidas.

Em 1995, a dupla já é sucesso absoluto e lança “João Paulo & Daniel” com os sucessos “Eu me amarrei”, “Toma conta de mim”, “Alguém” e “Hoje eu sei” e eles novamente dominam as rádios. “Eu me amarrei” se torna um clássico de seu repertório.

No ano seguinte, o sétimo CD “João Paulo & Daniel” bate 500 mil cópias antes do lançamento, alcançando mais de 1 milhão de vendas. Se alguém ainda tinha alguma dúvida, eles mostram que vieram para ficar. A música “Estou Apaixonado”, que é uma versão de “Estoy Enamorado”, de Donato e Estefano, vira hit, além de “Minha Estrela Perdida”, “Nelore Valente”, “Não Precisa Perdão” e “Com Qual Carícia”.

E a dupla invade a TV e emplaca a canção “Pirilume” na trilha sonora da novela global O Rei do Gado e “Estou Apaixonado” vira tema da novela Explode Coração, também da Rede Globo.

Em 1997 é a vez de “João Paulo & Daniel” com os sucessos “Te Amo Cada Vez Mais”, “Poeira da Estrada”, “A Loira do Carro Branco” e “Ela Tem o Dom de Me Fazer Chorar”. Os meninos arrebentam de vender e ganham disco de ouro, platina, platina duplo, platina triplo e diamante por 1 milhão de cópias.

Triste tragédia

Mas infelizmente, o destino prega uma peça. Em 12 de setembro de 1997, o João Paulo estava voltando para a casa em Brotas (SP), após uma apresentação em São Caetano, no ABC paulista, quando o veículo BMW 328i/A, capota, invade o canteiro central e pega fogo. O cantor morre carbonizado. O acidente acontece na altura do km 40 da Rodovia dos Bandeirantes, na Grande São Paulo. A Justiça constata que havia um defeito no pneu dianteiro direito, que causou o acidente.

Recomeço difícil

Mesmo abalado ainda, Daniel segue trabalhando para superar o trauma da perda do amigo e em 1998 lança “Adoro Amar Você”. Mais uma vez, ele vende mais de 1 milhão de cópias. As canções que se destacam são “Adoro Amar Você”, “Declaração de Amor” e “Dengo”. Aliás, “Adoro Amar Você” se torna uma das músicas mais famosas de seu repertório.

No ano seguinte, chega às lojas “Vou Levando a Vida” e as faixas mais escutadas são “Vai dar samba”, “Vou levando a vida” e “Que era eu”.

No mesmo ano, Daniel é convidado para apresentar o Planeta Xuxa, durante a licença-maternidade da apresentadora Xuxa, grande amiga do cantor. Com toda a sua simpatia, o programa vai superbem e Daniel, de quebra, Daniel ganha milhares de novos fãs. E por falar em fã, Daniel adora esse contato próximo e bate o recorde de ficar 25 horas dando autógrafos.

Nova trilogia, CD e versão em espanhol

Daniel sempre quis cantar clássicos da música sertaneja e em 2000 ele resolve colocar esse projeto em prática e lança “Meu Reino Encantado”, que conta com diversas participações especiais. A música “Quando a Saudade Doi” ele canta com Chico, irmão de João Paulo. Seu pai também divide o microfone com ele em “Meu reino encantado” e Chitãozinho & Xororó em “Terra Tombada”. Rick & Renner participam de “Avenida Boiadeira”, Milionário & José Rico de “Quando Bate a Paixão”, Irmãs Galvão de “Cheiro de Relva”, Tinoco de “Moreninha Linda”, Pena Branca de “Cuitelinho”, Almir Sater de “Tocando em Frente”, entre outros.

E ainda neste ano, é a vez de “Quando o Coração se Apaixona” e os hits de destaque são a música que dá nome ao álbum, “Seus beijos” e “Um beijo pra me enlouquecer”.

Em 2001, Daniel aposta em um lançamento ao vivo e coloca no mercado o CD simples, duplo e DVD “Daniel - Ao Vivo” que é gravado em São Paulo e não faltam os sucessos “Estou Apaixonada”, “A Gata do Milênio”, “Fricote”, “A Jiripoca Vai Piar”, “Eu Me Amarrei”, “Pra Falar a Verdade”, entre muitas outras. O DVD tem 26 faixas, sendo alguns pot-pourri e duas faixas bônus “Vinho Verde” e “Meu Reino Encantado”.

No mesmo ano ele lança “Daniel em Espanhol”, onde canta seus maiores sucessos em espanhol, como em “Hablando Claro”, “Que Era Yo”., “Declaración de Amor”, “Estoy Enamorado” e “Mi Estrella Perdida”. O foco é o mercado latino.

Em 2002 chega às lojas “Um Homem Apaixonado” e as músicas mais tocadas são “Um homem apaixonado” e “Dá-me, dá-me”, “Palavras”, “Brasil, Samba e Forró”.

E para comemorar os 20 anos de carreira, Daniel grava CD e DVD no Rio de Janeiro com os maiores sucessos desde a época que fazia dupla com João Paulo. Não ficaram de fora “Vai dar Samba”, “Pra falar a Verdade”, “Fricote”, “Quando o Coração se Apaixona”, “Adoro Amar Você”, “Eu me Amarrei” e também canções que fizeram sucesso na voz de outros cantores, como “Evidências”, de Chitãozinho & Xororó, “Meu bem querer”, do Djavan, “Amor I Love You”, de Marisa Monte e “Um Dia de Domingo”, de Tim Maia e Gal Gosta.

Em 2003, ele dá andamento ao projeto “Meu Reino Encantado II” e o homenageado nesse álbum é a tradicional dupla sertaneja Tião Carreiro & Pardinho. Destaque para as participações de José Camillo em “Encanto da Natureza”, “Mundo Velho” e “Rolinha Cabocla”, Cézar e Paulinho em “Consagração”, Gino & Geno e Borghetinho em “Paixão Dupla”, entre outros.

Em 2004, Daniel lança “Em Qualquer Lugar do Mundo” que vem com as músicas “Querida”, “Os Amantes”, “Bem simplesinho”, “Memórias de uma paixão”, “Machuca” e “Vou de Fusca”.

A canção “Os Amantes” entra na trilha sonora da novela global América.

No ano seguinte, é a vez do volume 3 de “Meu Reino Encantado” com conta com diversas participações especiais, como a de Rio Negro & Solimões em “Desatino”, José Camillo em “Jeitão Caboclo”, Zé Henrique & Gabriel em “Proposta”, Bruno & Marrone em “Sertanejo de Coração”, entre outros.

E ainda em 2005, Daniel lança o CD e DVD “Te Amo Cada Vez Mais Ao Vivo”, que é gravado no interior de São Paulo com mais de 60 mil pessoas na plateia. Estão neste trabalho “Jiripoca Vai Piar”, “Fricote”, “Eu Me Amarrei”, “Eu Sem Você”. No DVD ainda tem ainda making off e cinco canções a mais, como “Os Amantes” e “Sombra Boa e Água Fresca”.

No ano seguinte é a vez de “Amor Absoluto” e os sucessos ficam por conta de “Quem diriahein!?”, que estoura, além de “Que qui tem, que qui tem”, “Homem Maduro”, “Amor Absoluto” e “Inexplicável”.

E em 2008, Daniel lança “Difícil Não Falar de Amor” com os hits “Difícil não falar de amor”, “Quase louco”, “Pra sempre te amar” e “Amiga”. Esse álbum é Top 2 nas rádios de todo o Brasil e é produzido por Rick. Entre as 17 faixas têm composições do próprio Rick, Peninha, Wando, dentre outros.

Em 2009, ele coloca nas lojas “As músicas do Filme O Menino da Porteira”, que tem as músicas que estão na trilha do filme homônimo. Destaque para “O Menino da Porteira” e “Tocando em frente”. Este trabalho rende ao cantor o seu primeiro Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras - Regional Nativa, com o disco As Músicas do Filme O Menino da Porteira.

Neste mesmo ano, Daniel participa do especial de fim ano do cantor Roberto Carlos, cantando as canções "Quando quero falar com Deus" e "Estou Apaixonado".


Novo rumo

O ano de 2010 vem com novidades para Daniel. Depois de romper com o seu empresário, ele passa a gerenciar sua carreira com o Daniel Promoções Artísticas em Brotas/SP.

Neste mesmo ano, ele ousa ao lançar CD e DVD “Raízes” que tem um estilo acústico, que resgata a simplicidade do sertão. Ele é gravado no Teatro Municipal da Paulínia, no interior de São Paulo e conta com a participação de seu pai José Camillo e do Padre Fábio de Melo em “Só o Amor - Solo El Amor”. Também estão neste trabalho 'Disparada', 'Te Cuida, Coração', 'Eu Sem Você', 'Declaração de Amor', 'Difícil Não Falar de Amor', 'Adoro Amar Você', 'Só o Amor', 'Dia de Visita', 'Fazenda São Francisco' e 'Estou Apaixonado'.

Ainda em 2010 o cantor Daniel emplaca a canção “Disparada” na trilha sonora da novela Araguaia da Rede Globo. Ele inclusive fez uma participação na novela cantando a canção.

Em 2011, ele lança pela Sony Music, “Pra Ser feliz” com 20 canções, enrte elas “Tá no coração”, “Eu amo amar você” e “Pra ser feliz”, além de “Do Fundo Do Meu Coração”, de Roberto e Erasmo Carlos, uma versão acústica de “Inevitável”.

Em 2013, a convite do diretor musical Mariozinho Rocha, Daniel grava a canção “Maravida”, de Gonzaguinha para ser o tema de abertura da novela Amor à Vida.

Para comemorar os 30 anos de carreira, em 2012, o cantor sai em turnê com o show “Daniel 30 anos – O Musical” e este trabalho rende um EP, onde estão as canções “Meu Mundo e Nada Mais”, com participação de Guilherme Arantes, “Tantinho”, Maravida, “Fale um Pouco de Você”, “Estou apaixonado” com participação de Thalía e “Bridge Over Troubled Water”.

Em 2015, Daniel se prepara para lançar o DVD que foi gravado em Brotas, no Cine São José. Apesar de todo o mistério que envolve esse trabalho, sabe-se que terá participações especiais de Sérgio Reis, Rick (sem o Renner), Renato Teixeira, Carlinhos Brown e Roberto Leal.

Homem de família

Muito discreto em sua vida pessoal, em 2009 Daniel tem sua primeira filha, Lara. Em 2010 ele se casa com a mãe da criança, Aline de Pádua, que era bailarina em seu show. Em 2012, Daniel tem mais uma filha, a Luiza. Ele é completamente apaixonado pela sua família e faz de tudo para ficar o máximo de tempo ao lado de suas meninas. Além disso, é um pai bem participativo e dá comida, banho, troca fralda, penteia, leva e busca na escola.

Jurado do The Voice

Em 2012, Daniel é convidado para integrar o time de jurados técnico do programa The Voice Brasil, da Rede Globo. Ele aceita o convite e se sai tão bem que fica na cadeira até 2014. Em 2015 ele deixa o programa por acha que já cumpriu o seu dever.

O ator entra em cena

Daniel não resiste a um convite para interpretar e o cantor leva jeito, viu! Sua estreia foi em 1999 no filme Xuxa Requebra, onde da vida a Felipe Macedo, um playboy que acha que tudo se resolve com dinheiro e posição social, mas ao decorrer do filme ele vai mudando sua forma de agir e de pensar. Ele foi dirigido por Tizuka Yamasaki e atraiu 2 milhões de expectadores.

Em 2003 ele participa do Didi- o cupido trapalhão ao lado de Renato Aragão e Jackeline Petkovic. Neste filme ele é Romeu. A película foi dirigida por Paulo Aragão e Alexandre Boury .

Em 2009, ele é o protagonista do filme O Menino da Porteira ao lado da atriz Vanessa Giácomo. Daniel é Diogo, um boiadeiro que trabalha levando a boiada para a fazenda Ouro Fino. Ele então conhece o menino que sonha ser como ele, mas uma tragédia interrompe o seu sonho. O filme é dirigido por Jeremias Moreira Filho.

Depois disso, ele é convidado para atuar na novela Paraíso da Rede Globo, de Benedito Rui Barbosa. Ele também vive um peão que se chama Zé Camilo.

Daniel ainda fez algumas participações como ele mesmo nas novelas Araguaia e América e no programa Turma do Didi.

Sua história em livro

Daniel surpreendeu e resolveu contar sua história através do livro “Daniel - Minha estrada” (Editora Benvirá), que é uma autobiografia em que ele abre o coração e fala desde a infância em Brotas, passando pela perda de seu grande parceiro até o auge de sua carreira solo.

O livro gerou polêmica, pois Daniel confessa ter tido um romance com Suzana Alves, a sensual Tiazinha. Ela ameaçou processá-lo, mas desistiu. Daniel também fala sobre sua paixão não correspondida pela apresentadora Eliana.

O livro foi um sucesso e ficou na lista dos mais vendidos no Brasil. Parte da renda foi revertida para APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

Daniel solidário

E desde 1999, o cantor é padrinho do Teleton, projeto feito em parceria com o SBT, que arrecada dinheiro para a manutenção e a construção de unidades da AACD, que atende crianças portadoras de diversas necessidades especiais.

Daniel também tem um time de futebol, o Daniel Futebol Clube, formado por voluntários que tem como objetivo estimular a solidariedade. Esses jogos já foram revertidos em 500 bolsas de sangue, 16 mil cobertores e mais de R$ 3 milhões e meio e 2.500 toneladas de alimentos.

Daniel também apoia algumas ações da Associação de Assistência e Prevenção do Câncer (AAPC), instituição que ajuda pessoas de baixa-renda que estão em tratamento na luta contra o câncer. Ele também contribui com o Hospital do Câncer de Barretos ao participar da gravação do CD e DVD “Direito de Viver” e doando parte de seu cachê. O Hospital atende pessoas que lutam contra a doença e não cobra nada.

Muito mais sobre Daniel

* O cantor já recebeu alguns prêmios de melhor cantor no Troféu Imprensa de 2008 e no Melhores do Ano de 2002,2003 e 2004, do Programa Domingão do Faustão.

* Daniel restaurou e reformou o Cine São José, da sua cidade natal, Brotas.

* Daniel também já fez parte de um cruzeiro temático e teve a venda de passagens esgotadas. O cantor fez dois pocket shows para lançar o seu álbum “Raízes”

* O cantor assumiu ter um pouco de TOC e adorar lavar louca. Ele diz que não gosta de ver as coisas sujas nem fora do lugar.
    Foto do Álbum