Editar Biografia

Biografia Gila

AlemanhaStuttgart / Alemanha Começou há 51 anos em 1969
Terminou há 46 anos em 1974
A Gila foi fundada em 1969 em Stuttgart. O elenco original incluía Wolf Conrad Veit, chamado "Conny" (vocal e guitarra), Walter Wiederkehr (baixo), Fritz Scheyhing (órgão e mellotron) e Daniel Alluno (bateria). Tornada conhecida por performances ao vivo, a banda lançou seu primeiro LP auto-intitulado dois anos depois, que foi influenciado pelo som psicodélico da época. Produtor do álbum foi Dieter Dierks. O álbum foi publicado em uma gravadora pela BASF e agora é considerado um item de colecionador procurado. Mais tarde, o álbum foi reeditado pela Fonoteam.

Pouco antes de sua separação em 1972, Gila tocou ao vivo na música noturna da WDR. Esta aparição de 26 de fevereiro de 1972, em que apenas novas peças musicais foram tocadas, foi mais tarde lançada pelo Garden of Delights como um CD. A capa foi pintada por Wolf Conrad Veit. Após a dissolução Alluno jogou com Sameti e Wolf Conrad Veit mudou-se para Popol Vuh.

O grupo foi refundado em 1973. Além de Conny Veit (vocais, guitarra, flauta, Moog) Gila consistia de sua então namorada Sabine Merbach (vocal) e Daniel Fichelscher (bateria, percussão, baixo) e Florian Fricke (Mellotron, piano), ambos de Popol Vuh. O LP Bury My Heart no Wounded Knee não é musicalmente comparável aos dois primeiros discos. Estas são músicas folclóricas baseadas no livro de Dee Brown, que trata da supressão dos indianos na América do Norte.

No verão de 1974, a banda Gila finalmente se separou. Veit estava então ativo entre outros em Amon Düül II, Guru Guru e Coney Islândia.

Ex-integrantes: Gila

Inserir/Editar
    Foto do Álbum