Iguais (Letra)
Compositor: inserir
"Eu sou de Paulo ... eu de Apolo"
Essa briga tão antiga continua a se travar
E a razão
Continua sendo a mesma.
"Eu sou de Paulo ... eu de Apolo"
Essa briga tão antiga continua a se travar
E a razão
Continua sendo a mesma.

A inveja vem de dentro pra dizer
Que o que eu acho e o que eu faço é bem melhor do que o que
Você pode fazer ...
Continuo então na mesma!

"Eu sou de Paulo ... eu de Apolo"
Essa coisa de menino tem que um dia acabar
E a razão continua sendo a mesma

O abandono dessa vida tão carnal
E a consciência de que somos diferentes mas
Somos todos iguais ...
Somos servos do Altíssimo!

"Eu sou de Paulo ... eu de Apolo"
Não importa qual o nome que o irmão já tem aí
E a razão
Continua sendo a mesma

Há quem plante e há quem regue neste chão
Mas ninguém pode esquecer o Dono desta plantação!
Nosso Deus é o Senhor!
Ele dá o crescimento.
Então dê glória a Ele!
Então dê glória só a Ele!
Então dê glória a Ele!
Então dê glória só a Ele!
Informações

da Música (Iguais)

Editar Informações

Comentários Iguais

  • Comentar

    Álbuns com a música: Iguais

    • Iguais - Conteúdo (play back)
      Foto do Álbum