Editar Biografia

Biografia Jota Quest

BrasilBelo Horizonte / Minas Gerais / Brasil Começou há 26 anos em 1993
Minas Gerais é mesmo um estado de muitos talentos musicais. Os caras do Jota Quest são mais um exemplo disso. O quinteto nasceu em 1993 com o nome de "J.Quest" inspirado no desenho animado Jonny Quest e chegou a lançar um álbum com esse nome. Mas para não serem processados pela Hanna-Barbera (criadora do desenho) o grupo mudou o nome para Jota Quest. Rogério Flausino, PJ, Paulinho Fonseca, Márcio Buzelin, Marco Túlio Lara que estão juntos desde o começo tiveram a brilhante ideia de misturar black-music, pop e rock e deu muito certo. Hoje, a banda de pop rock soma milhões de discos vendidos, dois Grammy latino e shows de norte a sul do país.



Começo em grande estilo
No começo dos anos de 1990, o baixista PJ e o baterista Paulinho Fonseca curtiam muito black music e aí eles resolveram formar uma banda, depois vieram o guitarrista Marco Túlio Lara e o tecladista Márcio Buzelin. O vocalista Rogério Flausino foi escolhido num teste com mais de 18 candidatos.

O primeiro programa de TV aberta que eles foram foi em 1997 no "Xuxa Hits", da Rede Globo.

Veja como foi



Ainda no começo da carreira, a banda fez amizade com o cantor Tim Maia e dizem que desde o primeiro momento ele chamava o grupo de "Jota Quest", o que ajudou a influenciar na mudança do nome. Do Tim, eles gravaram a música "Dance Enquanto é Tempo".

Confira aqui



Discografia que dá orgulho
Em 1995, o grupo bancou do próprio bolso a gravação do primeiro disco, que saiu de forma independente ainda com o nome "J. Quest". Eles "imprimiram" 1.000 cópias. A pegada black pop logo chamou atenção e rendeu um contrato com gravadora.

O disco emplacou canções como "Encontrar Alguém" e a regravação do clássico "As Dores do Mundo", de Hyldon. Também teve participação especial de Tony Tornado, pioneiro da black music nacional, na faixa "Há Quanto Tempo".

Esta foi a ousada primeira capa


Veja a banda cantando "As dores do mundo"



O Jota Quest ganha destaque nos meios de comunicação e eles passam a se apresentar no circuito nacional.

Em 1998, é a vez de "De Volta Ao Planeta…" e eles estouram com "Fácil", uma das faixas mais tocadas em todo o Brasil. Também está neste álbum "Sempre Assim", "De Volta ao Planeta" e "O Vento". O Jota vende mais de 1 milhão de cópias.

Essa foi a capa, mais uma vez, ousada


Que tal relembrar "Fácil"?



Em 2000, chega às lojas "Oxigênio" com as baladas românticas "Dias Melhores" e " O que eu também não entendo". "Oxigênio" também se destaca e é uma parceria de Rogério Flausino com Zé Ramalho. Depois, foi a vez de "Tele-Fome" tocar sem parar em todo o Brasil.

Essa foi a capa do disco


Agora curta “Oxigênio”



Depois foi a vez do disco "Discotecagem Pop Variada", em 2002 com os hits "Na Moral", parceria de Flausino com seu irmão Wilson Sideral e a balada "Só Hoje".

Essa foi a capa que a banda fez


Rogério e seu irmão Wilson Sideral mandam bem em "Na Moral"



Foi nessa época que Flausino foi convidado pela Disney para cantar a versão brasileira a trilha sonora do filme "Planeta do Tesouro".

Em 2003, eles gravaram o "MTV Ao Vivo", em Belo Horizonte. Primeiro álbum ao vivo do grupo, o trabalho contou com os maiores hits da banda e algumas inéditas como "Amor Maior", que liderou as paradas do Brasil e "Do seu Lado", composição inédita de Nando Reis para o Jota. O show ainda contou com participações de Arnaldo Antunes em "Tanto faz" e do rapper Thaíde em "Por mim e Por Você". O sucesso foi tanto que eles saíram e turnê com esse trabalho. O CD e DVD foram em comemoração os 10 anos da banda.

Jota Quest e Nando Reis é bom demais



O encontro com Nando Reis também foi incrível



Neste mesmo ano de 2003, eles foram o único grupo da América Latina a participar da trilha sonora do filme "Homem Aranha 2" com letra de Rogério Flausino.

Aqui está a prova


Em 2005, o grupo lançou o CD "Até Onde Vai", que têm os sucessos "Além do Horizonte", do Roberto Carlos e "O Sol". Em seguida saiu o DVD, gravado em Porto Alegre (RS). Além das faixas do disco, tem extras como videoclipes, apresentação, bastidores e documentário sobre a trajetória dos músicos. Em 2007, foi lançado para venda uma versão especial limitada com livreto e outra capa.

Estas são as capas do CD e DVD



Rogério e o meninos do Jota Quest realizando o sonho de cantar com Roberto Carlos



Também em 2005 o grupo lançou seu segundo DVD, "Clipes", idealizado para os fãs, com tiragem limitada de 60 mil cópias. O DVD conta ainda com extras que apresentam a discografia e os clipes versão remix de "Na Moral" e "Só Hoje". No repertório estão: "As Dores do Mundo", "Encontrar Alguém", "My Brother", "Fácil", entre muitos outros.

Essa foi a capa


Agora veja o clipe "Só Hoje"



Confira também "As Dores do Mundo"



Em 2008, Rogério e seus amigos colocaram nas lojas "La Plata", gravado no estúdio da banda em BH. Eles contaram com a colaboração do canadense Ashley Slater, um dos criadores da banda Freak Power (junto com Fatboy Slim), que passou uma semana gravando com eles. Estão no disco as faixas "La Plata", "Vem Andar Comigo" e "Seis e Trinta".

Essa foi a capa


Jota Quest com Ashley (no centro da foto)


Em 2010, eles lançaram o primeiro álbum em espanhol, que ganhou o nome de "Dias Mejores" e foi gravado na Argentina. O Flausino teve até aulas para cantar com a pronúncia correta. Foram 12 sucessos de sua discografia, com arranjos novos, entre eles "Fácil", "Na Moral", "Encontrar a Alguien", "Días Mejores", entre outros.

Essa foi a capa


Veja a banda cantando em espanhol



No ano seguinte, eles lançam a canção "É Preciso (A Próxima Parada)" e saem em turnê comemorativa aos 15 anos de carreira. A "J15 – 15 Anos na Moral". A banda apresenta um show de três horas com três novas faixas e várias participações especiais como Pitty, Marcelo Falcão do O Rappa, e Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ambos da Legião Urbana.

Curta aqui "É Preciso (A Próxima Parada)"



Rogério com a Pitty


Rogério com o Marcelo Falcão, do Rappa


Esse show passa pelo Rock in Rio e é considerado um dos melhores do festival.

Os meninos ensaiando para o show



Neste mesmo ano, eles lançam o box "Quinze" , a primeira coletânea com cerca de 40 faixas escolhidas pelos fãs e três inéditas, "Luta de Viver", "Coração" e "É Preciso/A Próxima Parada", além de algumas raridades, como a versão latina de "Na Moral", uma releitura para "Get Back", dos The Beatles, e "Jogo", a primeira gravação de estúdio do Jota, incluída no álbum independente de 1995.

Essa foi a capa que eles escolheram


Eles cantam "Get Back"



Em 2012, o Jota fez um show especial, que virou CD e DVD e ganhou o nome "Multishow ao Vivo: Jota Quest – Folia e Caos". Além de todos os hits, tem quarto inéditas, entre elas "Mais Perto de Mim" e "Beijos no Escuro" e "Tudo Está Parado". Gravado em São Paulo, além do show, no DVD tem depoimentos e bastidores de diversos shows. São 27 faixas com algumas participações especiais: Maria Gadú em "Mais Uma Vez", Seu Jorge em "Ive Brussel", de Jorge Ben Jor, Erasmo Carlos em "Vem Quente que eu Estou Fervendo", Pitty em "Me Adora", Ney Matogrosso em "Pro Dia Nascer Feliz", Marcelo Falcão em “Me Deixa", Nando Reis em "Do Seu lado", Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos em "Tempo Perdido", do Legião Urbana.

Veja o Jota Quest arrasando com seus convidados





Em 2013 a banda lança o primeiro álbum digital chamado "Mega Hits". Nele estão 23 sucessos da banda e duas regravações de antigos sucessos: "Quero Que Tudo Vá para o Inferno", de Roberto Carlos e "Pra Frente Brasil", sucesso da década de 1970.

Veja aqui o clipe de “Pra Frente Brasil”



No mesmo ano também chega às lojas o disco "Funky Funky Boom Boom" gravado no estúdio dos meninos. Com participação do guitarrista Nile Rodgers (Chic) , eles voltam a misturar ritmos dos anos 60 e 70. Também colaboraram Seu Jorge, Xande de Pilares, entre outros.

Essa foi a capa do disco


A canção "Mandou Bem" conta com Nile e o baixista que toca com ele no grupo Chic, o baixista Jerry Barnes, que participaram do clipe. O álbum foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro. No disco também tem uma composição de Nile, a "Waiting For You".

Veja aqui o clipe da música "Mandou Bem" com Nile



Em 2015 é a vez do "Pancadélico" e também foi produzido por Jerry Barnes e Nile Rodgers. Dessa vez, as participações especiais ficam por conta da cantora Anitta e o baixista Stuart Zender, ex-Jamiroquai.

A [b]música "Blecaute" que contou com a participação da Anitta e Nile ganhou clipe que já alcançou mais de 7 milhões de views[b].

Confira aqui

www.



A capa ficou por conta dos grafiteiros Os Gêmeos



Shows internacionais
O Jota Quest já fez shows nos Estados Unidos, Europa e participou do Rock in Rio Lisboa, dividindo palco com Carlos Santana e Roger Waters.

Prêmios
E o quinteto já ganhou o Grammy Latino duas vezes. Em 2011 na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro com "Quinze" E em 2013 de Melhor Álbum de Rock Brasileiro por "Ao Vivo – Rock in Rio".

Trilhas sonoras
Diversas canções da carreira do Jota Quest entraram para a trilha sonora de diversas novells.

"Um Raio Laser" entrou em Porto dos Milagres, "O Que Eu Também Não Entendo" fez parte da trilha da novela Roda Viva, na Record. "Amor Maior" entrou em Mulheres Apaixonadas e foi um sucesso. "O Sol" foi selecionada para Cobras e Lagartos. "De Volta ao Planeta dos Macacos" e "Vem Andar Comigo" entraram em Caras e Bocas. "La Plata" foi direto para Cama de Gato.

Em Malhação, eles já fizeram parte de algumas temporadas com as faixas "Só Hoje", "Do Seu Lado" e "Já Foi".

"Tudo Me Faz Lembrar Você" fez parte da trilha do filme Muita Calma Nessa Hora, com roteiro de Bruno Mazzeo.
    Foto do Álbum