Add
Facas Em Sangue (Letra)
Compositor: inserir
Vivia na temperatura tépida dos lençóis
Aquele que dava pelo estranho nome
De Amor. Às vezes soltava-se
E percorria pela mão
Dos adolescentes ruas desertas, sombras
Escuras e conspiradoras - soltou-se
O Amor - alguém gritava.
E vinha o vermelho e invadia o vermelho
E assanhavam-se os gatos conscientes
Da invasão da sua noite
Solitária. Depois apagava-se
A última luz da última janela e desaparecia
O Amor na tépidez dos lençóis.
Ficava a lua, ficava
O luar azul a reflectir perigosamente
Nas lâminas ensaguentadas
Dos adolescentes...
Informações

da Música (Facas Em Sangue)

Editar Informações

Comentários Facas Em Sangue

  • Comentar

    Álbuns com a música: Facas Em Sangue

    • Facas Em Sangue - Mão Morta Revisitada
    • Facas Em Sangue - Ao Vivo No Theatro Circo (Com Remix Ensemble)
      Foto do Álbum