Vida de Vaqueiro (Letra)
Compositor: inserir

Quando o claro do som vem despontando, por detrás das montanhaslá da serra,
Abro a porta e sinto o cheiro da terra, do puleiro do quintalcanta o galo,
Boto a cela no lombo do cavalo, e depois de tomar meu café,
Com carinho, amor e muita fé, vou tocando minha vida de gado.
Sou vaqueiro, e vivo apaixonado,
Por forró, vaquejada e mulher.
Sou vaqueiro, e vivo apaixonado,
Por forró, vaquejada e mulher.
O que vejo de belo no sertão, é o gado comendo na colina,
O sorriso na boca da menina, e o segredo que tem seu coração,
Meu forró e as festas de são João, Santo Antonio, São Pedro e SãoJosé,
Informações

da Música (Vida de Vaqueiro)

Editar Informações

Comentários Vida de Vaqueiro

  • Comentar

    Álbuns com a música: Vida de Vaqueiro

    • Vida de Vaqueiro - Coisa Nossa
    • Vida de Vaqueiro - Solando Pra Você Dançar e Cantar Ii
    • Vida de Vaqueiro - Áudio Live &Quot;A Minha, a Sua, a Nossa História&Quot;
    • Vida de Vaqueiro - Terapia - Forró Sem Efeito Colateral
      Foto do Álbum