Editar Biografia

Biografia MV Bill

Alex Pereira Barbosa (1974), conhecido por MV (Mensageiro da Verdade) Bill, é um rapeiro, escritor e ativista carioca que iniciou sua carreira na música em 1988, escrevendo sambas-enredo para seu pai.

Em 1993, fez sua primeira participação em um álbum oficial.

Em 1999, cria junto com Celso Athayde e Nega Gizza a CUFA - Central Única das Favelas, organização reconhecida nacionalmente por seus projetos culturais, esportivos, políticos e sociais e que hoje em dia existe em vários estados brasileiros.

Em 2000, lança seu primeiro álbum “Traficando Informação”, cuja a faixa "Soldado do Morro" gerou polêmica, levando MV Bill a ser acusado de fazer apologia ao crime.

Em 2002, surge o segundo trabalho, “Declaração de Guerra”, com participações de Charlie Brown Jr. e Nega Gizza. Em 2005, ainda com a parceria de Celso Athayde, lança o livro “Cabeça de Porco”, que conta a história de quem vive na Cidade de Deus (favela onde o rapeiro cresceu e que é citada em várias de suas músicas).

Em 2006, é a vez do álbum “Falcão, O Bagulho é Doido” e do documentário e livro “Falcão - Meninos do Tráfico” que conta a história de dezessete jovens que se envolveram com o tráfico de drogas, onde somente um sobreviveu. O documentário ganhou grande notoriedade ao ser exibido em canal aberto e conquistou várias premiações. Durante as filmagens, MV Bill chegou a ser detido e preso por policiais.

Em 2007, é feita uma sequência do documentário com o nome “Falcão - Mulheres e o Tráfico”. Em 2009, lança o primeiro DVD, “Despacho Urbano”.

Em 2010, lança o álbum “Causa e Efeito” com a particação da irmã Kamila CDD, Chorão e Chuck D (o novaiorquino é um dos principais criadores e desenvolvedores da cultura Hip Hop na metade da década de 80).



[Por: Solar]
    Foto do Álbum