Morre o grande nome da MPB, Moraes Moreira, aos 72 anos.

13 de abril de 2020 às 12:35
Hoje o dia está mais triste! Morreu, aos 72 anos, o cantor e compositor Moraes Moreira.

Ele morava no Rio de Janeiro e a causa da morte ainda não é conhecida. Segundo a família estava bem. "A gente não sabe direito o que ocorreu. Nem eu, nem as irmãs sabemos", dissse Eduardo Moraes, irmão do cantor.

Ao que tudo indica o eterno "Novos Baianos" morreu dormindo, pois seu corpo foi encontrado no apartamento em que ele vivia.

Carreira brilhante
Moraes Moreira nasceu em Ituaçu, na Bahia, em 8 de julho de 1947, e começou na carreira de música aos 12 anos tocando sanfona de doze baixos em eventos, como festas de São João. Depois aprendeu a tocar vilão.

Ainda jovem mudou-se para Salvador, onde conheceu Tom Zé e mais tarde, Baby do Brasil, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão com quem formou o conjunto Novos Baianos, onde ficou durante seis anos, de 1969 até 1975.

Depois disso, o ícone da MPB seguiu carreira solo e se tornou pioneiro dos trios elétricos. É dele os sucessos "Pombo Correio", "Vassourinha Elétrica" e "Bloco do Prazer".

Mas o bonito ainda se reuniu com os colegas de Novos Baianos duas vezes: em 1997, quando lançaram o álbum ao vivo "Infinito Circular"; e em 2015, para os shows "Acabou Chorare - Novos Baianos se Encontram".

Moraes Moreira lançou 60 discos em toda sua carreira e isso envolve, carreira solo, Novos Baianos, Trio Elétrico Dodô e Osmar, além da parceria com o guitarrista Pepeu Gomes.

Atualmente ele estava em turnê com o show "Elogio à Inveja", onde interpretava canções que gostaria de ter feito, como "Quem Há de Dizer", de Lupicínio Rodrigues.

Relembre aqui alguns sucessos













Para saber mais sobre o Moraes Moreira e curtir suas músicas, clique aqui.
Enviada por: Som13.

Comentários Gilberto Gil

  • Comentar
    Top Músicas
      Foto do Álbum