Cruz De Tecido

Add
Cruz De Tecido (Letra)
Compositor: inserir
Olhos embargam reflete
A chama que cruza
Um céu de avenida
De encontro a estrutura
De aço e concreto
Muitas almas perdidas.

Musica chama a atenção
Da nação chocando sociedade
No plantão que conta
A triste verdade.

Se chocou o grande pássaro de aço,
As custas da imprecisão
Não tendo estrutura pra bater as asas
Não tire-os do chão

Jornais preto e branco
Impressos em cores
Números a não se contar
199 A soma do caos
Ninguém a se pronunciar

Rosas coloridas
Em branca cruz de tecido
Provando a impunidade
E o descaso com que faz
Um simples pedido

Quem foi, quem foi, quem foi, quem foi
Quem foi, e você sabe quem é
Quem foi, quem foi, quem foi, quem foi
Depois você sabe como é

O fim da espera
A certeza da dor
A confirmação dos nossos mortos
É o fim comprovado na angústia de nossos velórios sem corpos
"Abapel", civil, militar, babilônia esta formada
Controladores sem controles, e uma tragedia anunciada.
Informações

da Música (Cruz De Tecido)

Editar Informações

Comentários Cruz De Tecido

  • Comentar
      Foto do Álbum