Add
Intervalo Entre Carros (Ao Vivo) (Letra)
Compositor: inserir
Ela molhada espera o 'busum'
Na calçada parada mas não passa nenhum
Só, sempre só
No ponto de ônibus

Ela se safa de qualquer um
'caô' com ela não rola nenhum
Só, sempre só
No ponto de ônibus

Ela enfrenta como fez ogum
Rainha do asfalto derruba um por um
Só, sempre só
No ponto de ônibus

Não é bonita nem grande
Do rosto escorre uma gota d'água
E a alma chora sangue

(vem que vem, vem que vem)

Olho de vidro que te cobre
A ambição é pequena
Alegria de pó(bre)

Uma menina mulher
Que não anda de salto
Sou seu cavaleiro desde pequeno
Por você planejava assalto
Informações

da Música (Intervalo Entre Carros (Ao Vivo))

Editar Informações

Comentários Intervalo Entre Carros (Ao Vivo)

  • Comentar
      Foto do Álbum