Editar Biografia

Biografia Padre Zezinho

José Fernandes de Oliveira SCJ, conhecido como Padre Zezinho, (Machado, 8 de junho de 1941) é um padre católico brasileiro.

Padre Zezinho é conhecido por suas habilidades como escritor e músico. Seu pai era violeiro e foi dele que herdou o amor pela música. Quando criança, José Fernandes passou a conviver com os padres, que davam assistência a sua família. Zezinho é o mais jovem de seis irmãos e seus pais morreram paralíticos.

Ordenado padre aos 25 anos de idade em 1966 nos Estados Unidos da América, logo assumiu como meios de evangelização o teatro e a música, em 1967, e os meios de comunicação, em 1969.

Pe. Zezinho é um dos maiores fenômenos da música cristã no mundo, sempre lotando suas apresentações. O grande pioneiro da música católica popular é considerado o maior cantor e compositor da música católica brasileira de todos os tempos com renome internacional.

É admirado e respeitado até pelos protestantes. Suas canções atravessa gerações .Começou a compor em 1964 e iniciou sua carreira de cantor em 1967. Em 1969, gravou Shalom, seu primeiro compacto, pela Paulinas COMEP. O sucesso das canções de Zezinho foi imediato entre os fiéis católicos, sendo reconhecido por eles como um profeta de várias gerações. Foi ainda pioneiro no uso de instrumentos modernos como a guitarra elétrica e a bateria na música religiosa.

Atualmente, Padre Zezinho apresenta um programa em diversas emissoras de Rádio Católicas no Brasil, gerado a partir de São Paulo e intitulado "Palavras que não passam". Apresenta também um programa com o mesmo nome na TV Século XXI, da Associação do Senhor Jesus. Também gravou discos em mais de 5 idiomas.

Algumas de suas canções mais famosas são Um Certo Galileu, Maria de Nazaré, Amar como Jesus Amou, Oração pela Família, És Água Viva, Maria da Minha Infância, Alô Meu Deus, Ilumina, Ilumina, Estou Pensando em Deus, Utopia, Tua palavra, Senhor, Mãe do Céu Morena, Um Coração para Amar, Quando Jesus Passar, Cidadão do Infinito, Nova Geração, Minha Vida Tem Sentido, Daqui do Meu Lugar, De Lá do Interior, Palavra de Salvação, Cantiga Por um Ateu, Cantiga por Francisco, É Muito Jovem a Minha Oração, Mini Sermão, Ieshuá, Há um Barco Esquecido na Praia, Filho Pródigo, Vocação e Glória a Deus na Imensidão.

Em 2010 recebeu a indicação para concorrer ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Música Cristã em português".
    Foto do Álbum