Amigo Da Onça (Letra)
Compositor: inserir
Amigo meu
Seja um pouco mais sensato
Se você não mata o bicho
Então desocupa o mato

Amigo meu
Seja um pouco mais sensato
Se você não mata o bicho
Então desocupa o mato

A mulher do meu amigo
Francamente é um barato
Eu estou gamado nela
Mas ele está ali de lado

Ele não solta a morena
Só pra evitar boato
Tá sempre agarrado nela
Como faz um carrapato

Ela tem tudo que eu quero
Carinho ali é mato
Mas ele não sai da moita
Nem tão pouco amarra o gato

Amigo meu
Seja um pouco mais sensato
Se você não mata o bicho
Então desocupa o mato

Amigo meu
Seja um pouco mais sensato
Se você não mata o bicho
Então desocupa o mato

O malvado não tem força
Nem pra levantá o sapato
Já anda arrastando os pés
Tá derrubado de fato

A morte já tem motivo
Para caçar seu mandato
Tenho tanta pena dele
Como a lontra tem do pato

Ela tem tudo que eu quero
Carinho ali é mato
Mas ele não sai da moita
Nem tão pouco amarra o gato
Informações

da Música (Amigo Da Onça)

Editar Informações

Comentários Amigo Da Onça

  • Comentar
      Foto do Álbum