Raízes do Amor (Letra)
Compositor: inserir
As raízes do amor brotam mais depressa
Plantada num coração cheio de bondade
Adubada com abraços e muitos carinhos
E regada com os beijos de felicidade

Plantei minha esperança no chão do seu peito
Mas o sol do seu desprezo do cruel verão
Não deixou que as sementes criassem raízes
E secaram na estiagem do seu coração

Amor que não tem raízes
Dura pouco ou quase nada
Nasce na boca da noite
Pra morrer de madrugada

Raízes de amor sincero não terminam nunca
Cai o tronco e elas ficam numa longa espera
Que a chuva de ternura sobre elas cheguem
Para se vestir de novo numa primavera

O amor que eu perdi me deixou raízes
Hoje apenas num aceno que ela me fez
Num longo abraço apertado nos reconciliamos
E no peito sinto a aurora brilhar outra vez

Amor que não tem raízes
Dura pouco ou quase nada
Nasce na boca da noite
Pra morrer de madrugada
Informações

da Música (Raízes do Amor)

Editar Informações

Comentários Raízes do Amor

  • Comentar
      Foto do Álbum