Pobre de Mim (Letra)
Compositores: Praense, Peão Carreiro
Você jurou que me amava tanto
E não gostava de mais ninguém
Logo em seguida me desprezou
E se casou com um outro alguém

Pobre de mim que fui acreditar
Num coração enganador
Agora vivo aqui sozinho
Abandonado, sem teus carinhos
Quase morrendo de dor

Pra mim o mundo já não é mais mundo
Eu já não gosto mais da vida
Em ver quem amo em outros braços
Ao Pai Supremo um pedido eu faço
Pra dar-me a morte como guarida

Você jurou que me amava tanto
E não gostava de mais ninguém
Logo em seguida me desprezou
E se casou com um outro alguém

Pobre de mim que fui acreditar
Num coração enganador
Agora vivo aqui sozinho
Abandonado, sem teus carinhos
Quase morrendo de dor

Pra mim o mundo já não é mais mundo
Eu já não gosto mais da vida
Em ver quem amo em outros braços
Ao Pai Supremo um pedido eu faço
Pra dar-me a morte como guarida
Informações

da Música (Pobre de Mim)

Editar Informações

Comentários Pobre de Mim

  • Comentar
      Foto do Álbum