A Fera (Letra)
Estou cansado de ouvir você dizer
Que eu preciso tomar vergonha na cara
Arrume a mala e vá viver com quem quiser
Mulher briguenta com homem nenhum não para

Se estou em casa você me toca pra rua
Se estou na rua você vai me procurar
Não sou cachorro pra viver tomando chute
Vá pro inferno com seu modo de amar

O casamento diz que é pra lá de bom
Deus que me livre se a bondade for assim
Entre as mulheres mais briguentas que existe
A sorte ingrata escolheu você pra mim

Com uma fera ninguém pode se dar bem
Fazer carinho pra você não adianta
Em nosso quarto já parece uma comédia
A noite inteira quando um deita outro levanta

Diz o ditado que a mulher é parte fraca
Não acredito nessa história do povo
A sua língua conseguiu me derrubar
Perdi a força, levanto e caio de novo

Nesse dilema vou pôr um ponto final
Chega de tanto alugar minha cabeça
Não quero mais viver debaixo dos seus pés
Pode ir embora, por favor, desapareça
Informações

da Música (A Fera)

Editar Informações

Comentários A Fera

  • Comentar
      Foto do Álbum