Editar Biografia

Biografia Pitty

Pitty nasceu em Salvador e contrariando o percurso natural das coisas, ela é uma das maiores cantoras de rock nacional. Pitty também é compositora e guitarrista, aliás, ela começou sua carreira na música tocando guitarra na banda “Shes”. Sua banda leva o seu nome e estourou com a música "Admirável Chip Novo". De lá pra cá, a cantora só coleciona motivos para comemorar. Além de milhões de álbum vendidos, mais outros milhões de seguidores no twitter, a cantora também já foi considerada uma das vocalistas de rock mais sexy do mundo em 2010. Hoje, a banda conta com Martin Mendonça, Duda Machadoe Guilherme Almeida, e eles já venceram o MTV Video Music Brasil, o Prêmio Multishow e até o Grammy Latino.

A menina Pitty

Pitty nasceu em Salvador, na Bahia, em 7 de outubro e seu nome de batismo é Priscilla Novaes Leone. Ela é filha de uma dona de casa com um comerciante e sua infância foi vivida em Porto Seguro (BA). Nascida na terra do axé, desde pequena Pitty curte ouvir rock. Rebelde por natureza, a estrela conta que sempre desafiava sua mãe e se achava a dona da verdade.

Pitty conta que aos 12 anos fez sua primeira tatuagem e aos 14 se deu conta de que para ter autonomia precisava trabalhar e começou fazendo entregas em Porto Seguro, ou seja, ela era bike girl. Depois foi garota do xerox no escritório de uma tia. Mas nessa época já tinha a banda Shes formada só por garotas, onde tocava bateria. Depois Pitty foi vocalista da Inkohma até fechar com a gravadora Deckdisc e formar a banda que leva o seu nome. Nesse meio tempo, a bonita também fez faculdade de música na Universidade Federal da Bahia.


Olha que fofura Pitty quando era criança


Uma mulher de relacionamentos longos

Pitty conta que é uma mulher de relacionamentos longos, seja ele amoroso ou não. Ela ficou com o músico baiano Duda Machado por oito anos e está casada com o baterista Daniel Weksler, da banda NX Zero há mais de 10 anos. Eles se casaram em 2010 e Pitty vestiu vermelho. Como Daniel é judeu, a cerimônia também teve algumas coisas das tradições judaica. Os cantores Lobão e Marcelo D2 estavam entre os convidados e na hora da valsa, Pitty dançou o clássico "Rock'N'Roll All Nite", do Kiss.


Completamente apaixonada, Pitty sempre que pode está com Daniel


E a relação também deu muito certo no trabalho. Os dois tinham um programa ao vivo na rádio da rede Transamérica Pop FM chamado “Segunda-feira Sem Lei”, onde tocavam suas músicas preferidas e apresentavam ao público bandas desconhecidas. O programa era um sucesso e foi premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) como programa Revelação de 2010 na Categoria Rádio.


Pitty e Daniel no programa de rádio


Feminista de sucesso com muito orgulho

Pitty se diz feminista desde sempre. Ela conta que no meio predominantemente masculino em que vive, sempre a motivou a defender os direitos das mulheres e deixar de lado seu lado feminino.

Mas Pitty encontrou o seu espaço e pode descobrir a feminilidade que existe dentro dela. Muito bem-sucedida no que faz, em 2012, o portal R7 revelou que Pitty recebe 6 milhões por ano, sendo assim a 10ª mulher mais rica e bem-sucedida do Brasil.

A cantora já ficou entre os 100 brasileiros mais influentes do ano, segundo a Revista Época (2010) e neste mesmo ano, ela foi eleita a vocalista de rock mais sexy da América Latina e a 35º do mundo.


E Pitty descobriu mesmo sua feminilidade e arrasou em um ensaio sensual para a Revista Inked


Grandes parcerias

E Pitty já mostrou que tem a mente aberta para cantar outros estilos de música. Ela foi convidada e participou de um single do rapper Emicida e também participou da música "Seu Tipo", da Fernanda Takai. Pitty também participou do programa “Musica Boa”, no Multishow, e soltou a voz na canção “Me Adora” com o cantor Thiaguinho.


Pitty em uma parceria de sucesso com Fernanda Takai


Assista aqui Pitty e Thiaguinho arrasando




A musa mostra o seu lado escritora

Em 2004, a cantora lança o livro “Pitty – Cronografia: Uma Trajetória em Fotos”, que conta a sua história do comecinho até hoje, através de fotos. Na publicação, também tem textos da própria Pitty falando de diversos momentos marcantes de sua vida. O livro vai da infância, passa pela fase adolescente punk-rock e finaliza com a consagração da carreira.


Se você nunca viu, essa é a capa do livro


Pitty agora é personagem de videogame

Não, a cantora não faz sucesso apenas em cima do palco. Pitty foi convidada para dublar a Cassie Cage, a nova personagem que a Warner aposta ser a nova protagonista do jogo Mortal Kombat. Ela é filha de Johnny Cage e Sonya Blade. Muitas pessoas criticaram, mas Pitty nem ligou e disse que fez o seu melhor. A repercussão de vendas no Brasil foi bem grande.

Sucesso em discos

Com contrato assinado com a Deckdisc, em 2003, Pitty lança seu primeiro álbum “Admirável Chip Novo” e ele estoura. O disco vende mais de 800 mil cópias e é o disco de rock mais vendido do Brasil. Os principais sucessos são "Máscara", "Teto de Vidro", "Equalize", "Admirável Chip Novo", "I Wanna Be" e "Semana que Vem". O disco ganha versão em DVD com o nome “Admirável Vídeo Novo”, que tem imagens de bastidores, videoclipes, shows e gravações, além de músicas inéditas. O álbum é indicado ao Grammy Latino na categoria: Melhor Álbum de Rock Brasileiro.

Em 2013, o disco volta para às lojas em uma edição comemorativa aos 10 anos do seu lançamento. Ele sai em vinil.


Essa é a capa do disco em vinil


Em 2005 é a vez de “Anacrônico” com 13 faixas compostas pela Pitty e um som mais pesado. Portanto, é bem autobiográfico. Estão no repertório "Memórias", "Anacrônico", "Na sua Estante", "Déjà Vu" e "De Você". O álbum ganha 9 discos de diamante e, mais uma vez, é o álbum de rock mais vendido do Brasil em 2005.

Em 2007, Pitty lança o seu primeiro DVD ao vivo “{Des}Concerto ao Vivo” que sai também em CD. No repertório estão “Anacrônico”, “Admirável Chip Novo”, “Equalize”, “Máscara” e as inéditas "Malditos Cromossomos" e "Pulsos". O clipe dessa última é um sucesso.

Assista aqui ao clipe “Pulsos”



Em 2009, chega às lojas “Chiaroscuro” com um repertório autoral e entre os sucessos estão “Sob o Sol” com participação de Fabio Magalhães, "Me Adora", que tocou muito nas rádios assim como “Fracasso” e “Só Agora”.

Neste mesmo ano, ela lança o DVD de coletâneas “Chiaroscope” que tem clipes das três músicas inéditas: "Pra onde ir", "Sob o sol" e "Just now" e também do hit “Me Adora”. Todas as faixas do disco ganham imagens vindas das gravações.

Em 2011, ela lança um álbum ao vivo “A Trupe Delirante no Circo Voador”, gravado no próprio Circo Voador (RJ). No repertório estão os maiores sucessos da cantora e a canção inédita "Comum de Dois". Para ajudar na divulgação, Pitty dá entrevista para os fãs no Orkut e depois de meia hora de conversa, 12 canções do álbum foram transmitidas pelo YouTube.

Assista aqui ao clipe "Comum de Dois"



O disco é indicado ao Grammy Latino na categoria: Melhor Álbum de Rock Brasileiro e Pitty sai em turnê. Ela e sua banda passam pelos Estados Unidos e ganham destaque no jornal americano The New York Times, que compara Pitty a grandes bandas, como Guns n' Roses e Joan Jett. Eles também foram destaque na revista Billboard Americana.

Depois de um período muito conturbado em sua vida pessoal, em 2014, Pitty retoma o trabalho com a banda e lança o álbum “Setevidas”, gravado ao vivo, com os quatro músicos (Pitty, Duda, Martim e o novato Guilherme) em estúdio, tocando simultaneamente. As músicas são de autoria de Pitty e fica claro os momentos difíceis que a cantora enfrentou nos anos anteriores. Também tem a inclusão de instrumentos como agogô e caxixi. O single "Serpente" fica em primeiro lugar em diversas rádios brasileiras e o clipe é lançado no programa Altas Horas, da Rede Globo, e no Youtube. Outros sucessos são “Deixa Ela Entrar”, “Pequena Morte”, “Um Leão” e “Olho Calmo”.

Assista aqui “Serpente”



O disco é destaque no top 200 de mais de 12 países, como Brasil, EUA, México e Espanha.
Em 2015, eles lançam o DVD-coletânea “Pela Fresta”, onde está nove das 10 faixas do álbum “Sete Vidas”, entre elas "Pouco", "Serpente" e "Boca Aberta". No DVD ainda tem entrevistas com a cantora, com a banda e o produtor, Rafael Ramos. O clipe inédito do hit “Um Leão”, tem Pitty arrasando na sensualidade.
Confira aqui “Um Leão”



Projeto paralelo

Dando um tempo com a banda, em 2011, Pitty e o guitarrista Martin Mendonça lançam o projeto paralelo chamado “Agridoce” com 12 faixas com um ritmo folk. Com voz, piano e violão, Agridoce é um sucesso e a música “Dançando” toca em todas as rádios.

Ouça aqui “Agridoce”



Pitty e Martin inclusive participam do South By Southwest (SXSW), um dos maiores festivais de folk e no mesmo ano eles têm 5 indicações no VMB: Artista do Ano, Melhor disco, Melhor capa, Hit do ano e Melhor banda

Em 2012, eles lançaram o DVD “Agridoce – 20 Passos (Multishow Registro)” com todos detalhes de criação, composição, cenas do dia a dia, momentos descontraídos, videoclipes.

Estela dos festivais

Em 2011, Pitty foi uma das principais atrações do Rock in Rio. Ela abriu as apresentações do último dia, que tinha Evanescence, System Of A Down e Guns N' Roses no line up. Mas Pitty mandou muito bem, conseguiu segurar a plateia e surpreendeu o público ao fazer um cover do Nirvana.

Confira aqui!



Neste mesmo ano, ela foi a única convidada brasileira para participar de um álbum em homenagem ao nirvana. A Reimagine Music lançou o disco “Come As You Are: A 20th Anniversary Tribute To Nirvana's Nevermind” , com faixas da banda regravadas por diversos artistas do cenário musicais.

Em 2006, eles foram convidados para se apresentar no Rock in Rio-Lisboa e cantaram para mais de 40 mil pessoas.


Pitty arrasando no Rock in Rio Lisboa


E em 2013, a banda se apresentou em um dos maiores festivais de Rock do Brasil, o Lollapalooza. No show ela cantou até “Across the universe”, dos Beatles. No ano seguinte, ela volta ao evento, assim como em 2015.

Pitty também vive momentos bem difíceis

Os anos de 2012 e 2013 não foram nada fáceis para Pitty. Ela perdeu o grande amigo Peu Sousa (ex-guitarrista da banda), que se matou em casa, seu ídolo Lou Reed também faleceu. Além disso, Pitty teve um sério problema hormonal na tireoide, que provocou uma enorme hemorragia e a fez ficar um bom período na UTI. Para finalizar o baixista Joe Gomes moveu um processo trabalhista contra a cantora, o que a deixou em estado de choque. No disco “Sete Vidas”, ela fala de tudo isso e de sua superação.


Pitty e seu baterista Peu Sousa


Mas a vida já tinha lhe pregado uns anos antes. Em 2006, ela conhece Daniel em um VMB e eles começam a namorar logo em seguida. Ela está com 28 anos e ele com 20. No entanto, em 2007 Pitty engravida sem querer, mas sofre um aborto pouco tempo depois. Eles, que estavam curtindo a ideia, sofrem muito com o que acontece. A noite da perda, segundo Pitty, foi a pior da sua vida. E agora ela está na vibe do se rolar, rolou.

Apaixonada por gatos e tatuagens

Pitty ama gatos. Ela diz que enquanto o marido, Daniel Weksler viaja em turnê, ela divide o apartamento com o gato Billie. Charlie, sua outra gata, morreu poucos dias depois de fotografar para a capa do disco “Sete Vidas” .


Pitty e sua fofíssima gata


Quanto o assunto é tatuagem, Pitty tem várias. A primeira foi feita quando ela tinha 12 anos e foi uma rosa na perna. Mas agora ela tem as cerejinhas no colo, um naipe de baralho em cada dedos, a frase "Tudo vai passar", uma clave de sol, uma coruja, a Tara (deusa do equilíbrio) e um tribal nas costas, que ela diz ter sido a mais dolorida.


Nessa foto dá para ver algumas de suas tatuagens.


Rainha do twitter e das polêmicas

A cantora tem mais de 5 milhões de seguidores, por isso, suas postagens vira e mexe ganham repercussão. Nos protestos que tiveram esse ano, ela postou que jamais marcharia ao lado de extremistas de direita, fanáticos religiosos e saudosos da ditadura. E muitas ofensas foram postadas, mas elegantemente ela respondeu a uma pessoa que a mandou de volta para a cozinha: "Pois eu não volto para a cozinha, nem o negro pra senzala, nem o gay pro armário. O choro é livre, e nós também".
    Foto do Álbum