Editar Biografia

Biografia Relaxamento

O relaxamento muscular é o estado oposto à contracção muscular. Ausência de tensão muscular - o relaxamento, em sentido restrito, constitui um típico processo psicofisiológico de carácter interactivo, onde o fisiológico e o psicológico não são simples correlatos um do outro, mas ambos interagem sendo partes integrantes do processo, como causa e como produto (Turpin,1989). Na prática trata-se de fazer perceber ao cliente as suas impressões sensoriais, das mais simples às mais complexas, como sejam o tacto, a audição e até as mais sofisticadas como a respiração e depois o controlo de imagens mentais. Relaxamento É uma forma de atividade psicomotora na qual se objetiva a redução das tensões psíquicas, levando à descontração muscular. O relaxamento proporciona melhor conhecimento do esquema corporal, melhor estruturação espaço temporal e equilíbrio, contração e descontração.É a noção de tenso, relaxado, duro, mole, e a criança transpõe essas noções para seu próprio corpo. O relaxamento é considerado o contrário de tonicidade e contração e procura ocasionar uma regulação dos ritmos orgânicos(respiração, circulação etc.).Sua finalidade básica é o afinamento, valorizando a integração conscientizada dos diferentes estados tensionais e promovendo progressivamente a unificação psicossomática.Pretende atingir um estado de repouso e da calma interior, proporcionando uma integração da corporalidade. O relaxamento não é possível senão a partir de um certo nível mental.Na recuperação de deficientes mentais, segundo Vayer(1984), o relaxamento não é um meio, mas um fim. O primeiro relaxamento aplicado em um individuo deverá ser de:
  • Tomada de consciência;
  • Noção de imobilidade;
  • Desenvolvimento da faculdade de inibição ou seja, controle tensão ? relaxamento.
É necessário, por isso, que o relaxamento global preceda ao segmentário. O relaxamento global permite a obtenção de descondicionamento, ou seja, o esquecimento das atitudes e dos movimentos do cotidiano.O relaxamento segmentar, devidamente interiorizado, permite a progressiva percepção e controle das diferentes partes do corpo, a diminuição da rigidez e tensão musculares dos segmentos em relação ao tronco. Reduzindo e equilibrando progressivamente as tensões, o relaxamento associado ao controle respiratório favorece o equilíbrio emocional e disposição mental. Prática
  • Relaxamento global informal: pedir à pessoa que fique deitada e dura como um boneco de gel; em seguida pedir que fique mole pois o gelo se derreteu.
  • Relaxamento dos membros inferiores,superiores, da cabeça e do pescoço, das mãos e dos pés; fechar as mãos, abrir e soltar os braços, retesar as pernas, relaxar, estender todo o corpo(decúbito dorsal); ordenar: você vai ficar mole. Sem pensar em nada, apenas lembre-se que deve relaxar ao máximo.
  • Relaxamento segmentário(poderá ser associado com a respiração);elevar os braços, inspirando e mantendo nessa posição por alguns instantes(em pé, sentada, deitada); elevar os braços e pernas.Apoiar fortemente a cabeça no chão, soltar;elevar os braços, as pernas, apertar as mãos e braços, apertar bem a cabeça no chão, permanecer por alguns instantes, soltar todos os membros e lentamente fazê-los voltar à posição inicial, em decúbito dorsal ? mãos e pés, pernas e cabeça apoiados no chão(olhos fechados).
  • Controle voluntário de relaxamento segmentário: decúbito dorsal ? apertar todo o lado direito e soltar o esquerdo(trocar); estender todo o lado direito e soltar o esquerdo(trocar);apertar os joelhos um pro outro e soltar;fazer rotação icrte do braço para dentro e soltar;sentado:apertar as mãos e soltar, esticar os pés e soltar; decúbito ventral- controlar as costas e soltar, esticar todo o corpo e soltar.
Ver também
  • Técnica de relaxamento
Fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Relaxamento_muscular

Integrantes: Relaxamento

Inserir/Editar
    Foto do Álbum