Editar Biografia

Biografia Resurrection Band

Estados Unidos Começou há 47 anos em 1972
Resurrection Band (também conhecida como Rez Band ou Rez) foi formada durante o auge do movimento "Jesus movement" no fim dos anos 60 e inicio da década de 1970, se tornando desde então, um dos grandes expoentes do rock cristão mundial.
O grupo, que toca hard rock convergindo para o metal, vivia junto em uma casa comum em Milwaukee e viajavam pelos Estados Unidos em um depredado ônibus vermelho, tocando onde eram recebidos.

Originalmente, a banda teria o nome de "Charity", em 1972, e seus membros participavam da comunidade Jesus People Milwaukee. Logo após, ocorreu a divisão da comunidade em quatro grupos, e o grupo do qual a banda pertencia se tornou o "Jesus People USA Travelling Team". Antes mudança do Jesus People USA para Chicago, o nome "Resurrection Band" foi escolhido e a banda se tornou o foco principal da comunidade. Depois de chegar em Chicago, a banda gravou dois cassetes independentes ("All Your Life" e "Music to Raise the Dead") depois de tocarem desde escolas até em prisões. O estilo predominante da banda nesse período era caracterizado pelo hard rock .

Quatro anos depois da primeira gravação, graças a uma doação de US $ 8.000 de um amigo, a Resurrection Band gravou seu primeiro álbum oficial: "Awaiting Your Reply", que acabou sendo um lançamento inovador para os padrões de música cristã da época. O álbum causou controvérsia entre os críticos cristãos, muitos dos quais encontraram falhas em tudo, desde a sua arte de capa até sua sonoridade hard rock, pois eram claramente influenciados pelo Led Zeppelin. Embora a banda tinha terminado o disco, incluindo a arte da capa, nenhuma gravadora cristã queria correr o risco de lançá-lo, pois o mesmo tinha sido considerado muito controverso para o mercado cristão naquela época. Embora a Star Song Records (a mesma gravadora que lançava os disco de Petra na época) fora avisada para se afastar do projeto por outros executivos da música evangélica, a pequena gravadora não tinha nada a perder, então assinou com a banda e lançou o disco como ele era. Para surpresa de todos, o álbum foi um grande sucesso no mercado cristão Talvez os críticos não sabiam o que fazer com ele, mas Awaiting Your Reply, juntamente com o seu sucessor, Rainbow's End, rapidamente solidificou a Resurrection Band no escalão superior do rock cristão, devido à consciência social evidente da banda, com letras cristãs e musicalidade sólida.

Em 1979, a banda seguiu com o sucesso no álbum "Rainbow´s End", que continuou no mesmo hard rock progressivo/metal semelhante ao Black Sabbath e Aerosmith. Embora a banda estivesse satisfeita, a gravadora Star Song foi obrigada a encontrar outro título, pouco depois de seu lançamento. "Rainbow´s End" é significativo por ser o primeiro álbum de uma banda de rock norte-americana a lidar com o sistema racista do apartheid na África do Sul, um ano antes de Peter Gabriel trazer a questão para a atenção do mundo através da música clássica "Biko". Resurrection Band viria a ser conhecido por lidar com uma variedade de problemas sociais e políticos em sua música, dos males do complexo industrial militar à influência corruptora da América, do materialismo para o racismo, falta de moradia, a AIDS, toxicodependência, prostituição e muitas outras questões que a banda pessoalmente confrontou no seu ministério junto à sua comunidade urbana, em Chicago.

Uma vez assinado contrato com a gravadora Light Records, a Resurrection Band teve seu hard rock/metal aproximado das rádios. Ambos os álbuns Colours (1980) e Mommy Don't Love Daddy Anymore (1981) eram um sólido conjunto musical que alternadamente abordava grandes temas sociais, como pobreza e divórcio, bem como questões espirituais pessoais de salvação e discipulado, juntamente com o interceção. Enquanto a imprensa cristã foi se adaptando à ideia de hard rock cristão, jornais alternativos de música cristã elogiavam ambos os álbuns. Além disso, Resurrection Band começou a receber maior atenção das estações de rádio que tocavam rock cristão com um eficaz ministério evangelístico (graças aos sermões inflamados pregados no final dos shows pelo vocalista Glenn Kaiser). A banda ganhou uma reputação positiva entre os líderes da juventude da igreja, bem como uma base de fãs dedicados e entusiasmados. Apesar da maior atenção, a Resurrection Band canalizou todo e qualquer lucro de volta a comunidade Jesus People USA, em comum acordo entre seus membros, igualmente como no exemplo da igreja primitiva do Novo Testamento.

Em 1982, na tentativa de administrar com mais eficiência a gravação e lançamento de seus trabalhos, a Resurrection Band construiu seu próprio estúdio de gravação no coração da comunidade Jesus People USA, mais tarde apelidado de "Tone Zone". Embora juntos, com um orçamento apertado (com colchões velhos nas paredes do estúdio), foi lá que a banda gravou o álbum "DMZ" durante o verão de 1982. "DMZ" foi uma obra de transição: metade do albúm lembrava Van Halen, com solos de guitarra de Stu Heiss, enquanto a outra metade, tomou uma abordagem muito mais New Wave. A direção musical controversa da banda iria prosseguir com maior vigor sobre futuros lançamentos . A dupla personalidade do álbum não foi bem recebida criticamente, ainda que gerou duas faixas que ganharam versões ao vivo posteriormente: "White Noise" e "Military Man".

Durante 1984, a banda lança seu primeiro álbum ao vivo, intitulado "Live Bootleg", lançado pela gravadora Sparrow Records. O registro foi realizado no Arena Odeum, Chicago, durante duas noites em outubro de 1983. Este trabalho apresenta uma mistura das canções mais populares da banda, bem como duas novas canções: "Gameroom" e "Playground".

No final do mesmo ano, Rez Band grava "Hostage", que surpreendeu os ouvintes desprevenidos, pois este álbum refletia o crescente interesse da banda na música New Wave, influência esta bem vista no primeiro single do álbum, "SOS", no qual quase não havia a presença da guitarra. "SOS" chegou ao topo das paradas de rock cristão e lá ficou por várias semanas, fazendo assim, com que a banda logo atraisse uma nova audiência. No entanto, a iniciativa causou polêmica e a reação da crítica acabou sendo muito dividida. Porém, Rez Band não tinha abandonado completamente o seu som hard rock. O próximo single, "Crimes" - cantado pela co-vocalista Wendi Kaiser - é um hit bem no estilo mais tradicional da banda, retratando sobre o índice de violência no interior das cidades, um tema que os membros da Rez Band e a Jesus People USA conheciam de primeira mão. "Crimes", foi ainda mais popular na rádio cristã, recebendo também destaque em algumas rádios de rock secular, além de ser um dos primeiros videoclipes da indústria da música cristã contemporânea a ser transmitido pela MTV.

Com o álbum "Between Heaven 'N Hell", lançado em 1985, a banda fez uma junção do estilo New Wave do disco "Hostage" com o hard rock mais parecido com o período do álbum "Colours". Encurtando o seu nome ainda mais para "REZ", a banda aproveitou o fato de que a Capitol Records começava a fazer distribuição de produtos da Sparrow Records, estendendo assim, a divulgação do novo álbum no mercado secular.
O cativante "Love Comes Down" foi escolhido como primeiro single deste disco, e o videoclipe desta canção foi mais bem trabalhado, resultando em uma atenção de maior destaque na MTV.

Após quatro anos sem gravar, em 1988 a REZ Band retorna com o álbum "Silence Screams", trazendo uma sonoridade mais hard rock, algo que seria visto nos próximos discos e que também era uma previsão para a carreira a solo que o vocalista Glenn Kaiser iria iniciar.

No álbum seguinte, "Innocent Blood" (1989), Rez Band abordaria novamente letras que falariam de problemas atuais, como a pobreza (na música "Child of the Blues"), escravatura (em "80,000 Underground"), no Diabo (em "Fiend or Foul") e ainda na esperança de salvação no Céu ("Where Roses Grow").

Em 1991, a banda lança "Civil Rites", onde novamente retrata situações contemporâneas em suas canções, como por exemplo, o sexo casual (música "Players"), os problemas familiares (em "In My Room"), a dependência de drogas (em "Little Jeanie"), a prostituição e uso de drogas ("Comatose"), a escravatura ("Lincoln's Train") e a indústria das armas ("Death Machine").

Em 1992, a banda grava um álbum ao vivo em comemoração aos vinte anos de carreira do grupo. O registro foi realizado em Março do mesmo ano em Chicago, no "Copernicus Center Theatre".

Em 1993, Rez Band lança "Reach of Love", sendo este o primeiro álbum escrito totalmente por um único membro da banda, neste caso, o baixista Roy Montroy. Como resultado, a crítica e os fãs tiverem opiniões divididas sobre este trabalho.

Em 1995, é lançado "Lament", o décimo segundo álbum de estúdio e último trabalho inédito de Resurrection Band, que neste lançamento, voltou a assinar o disco com seu antigo nome original. Ty Tabor, guitarrista e co-vocalista da banda "King's X", ficou responsável pela produção.
Ao contrário de qualquer um dos trabalhos anteriores da banda, "Lament" é o primeiro álbum conceitual do grupo, um ciclo de canções sobre o homem, sua desilusão com a dureza e a crueldade da vida, e da sua percepção crescente de que as coisas não podem mudar a menos que ele experimente a redenção espiritual. Reconhecendo a importância de como as músicas são ordenadas neste repertório, Resurrection Band tocou o disco inteiro do começo ao fim da turnê que se seguiu deste álbum.
Como resultado, o renascimento criativo de "Lament" foi muito elogiado entre os fãs de longa data de Resurrection Band, assim como importantes críticos de música cristã, que chegaram a chamar este disco como o melhor álbum da banda. Apesar dos elogios recebidos por "Lament", no final da turnê a banda desistiu naquele ano de tocar no "Cornerstone Festival", evento este que se tornou um dos mais proeminentes da música cristã mundial.

Em 1997, o grupo lança seu último álbum, intitulado "Ampendectomy". O trabalho trazia apenas regravações dos maiores sucessos da banda em versões acústicas.

Em julho de 2000, a banda REZ fez um show de despedida, colocando uma pausa em quase 30 anos de ministério, deixando para trás um legado da música cristã transformada, e uma plataforma na qual os futuros músicos cristãos poderiam construir.

Em julho de 2008, o grupo se reuniu para o 25º aniversário do "Cornerstone Festival". Nesse mesmo ano, Grrr Records lançou "Music to Raise the Dead 1972-1998", três CDs com 52 canções re-masterizadas, um livreto de 80 páginas full-color detalhando a história de Rez Band com dezenas de fotos e um DVD com mais de uma hora de filmagens inéditas e concerto ao vivo.

Em abril de 2009, o grupo se reuniu novamente para o festival anual de música cristã Easterfest em Toowoomba, Austrália.

Ao todo, a banda conta com 18 trabalhos musicais lançados, além de diversas coletâneas.

Cidade, Estado
Chicago, Illinois

País
Estados Unidos

Integrantes
Stu Heiss - guitarra, teclado
Wendi Kaiser - vocal
Glenn Kaiser - vocal, guitarra, dulcimer, gaita
Jim Denton - baixo, teclado (1974-1987)
Roy Montroy - baixo, teclado (1987-...)
John Herrin - bateria

Integrantes: Resurrection Band

Inserir/Editar
    Foto do Álbum