Berrante De Prata (Letra)
Compositor: inserir
Quando a lua vai surgindo
Clareando as verdes matas
De longe fico ouvindo
Um berrante cor de prata

Em pleno clarão da lua
Iluminando as cascatas
Fazendo lá nas alturas
A divina serenata

Até parece um mistério
O berrante prateado
Lá no céu entre as nuvens
Vejo ele pendurado

Em forma de arco-íris
Num grande véu estrelado
Parecendo um espelho
No meu sertão adorado

('Somente eu é quem via
Lá no alto do infinito
Dentro de um raio de luz
Aquele objeto bonito

É obra do Deus poderoso
O nosso Mestre bendito
Tinha as seguintes palavras
No tal berrante escrito

Eu sou o Mestre dos mestres
Criador do mundo inteiro
Gosto muito do sertão
E protejo os boiadeiros

É um sinal de prata
É um sinal verdadeiro
É uma santa mensagem
Do meu sertão brasileiro”)

Eu sou o Mestre dos mestres
Criador do mundo inteiro
Gosto muito do sertão
E protejo os boiadeiros

Este berrante de prata
É um sinal verdadeiro
É uma santa mensagem
Para o sertão brasileiro

('Oh! Deus poderoso
Eu agradeço essa mensagem
Aos boiadeiros e ao meu sertão brasileiro”)
Informações

da Música (Berrante De Prata)

Editar Informações

Comentários Berrante De Prata

  • Comentar
      Foto do Álbum