Sabiá Laranjeira (Letra)
Compositores: Silvério, Barrinha
Recordo e tenho saudade
Do meu sertão brasileiro
Lá passei a mocidade
Junto com meus companheiros
E naquela verde mata
Eu passava o dia inteiro
Ouvindo o lindo cantar
De um sabiá laranjeira
Ouvindo o lindo cantar
De um sabiá laranjeira

Só aquele sabiá
Que alegrava o meu sertão
Naquela manhã serena
Quando o orvalho cai no chão
Um caboclo apaixonado
Ouvindo aquela canção
Sabiá não cante triste
Não me mate de paixão
Sabiá não cante triste
Não me mate de paixão

('O cantar desse sabiá deixa muita gente apaixonada por este mundo afora
Até eu estou meio doente”)

Quando eu ouço teu cantar
Meus olhos tristonhos choram
Teu cantar apaixonado
Fechado numa gaiola
Me lembro do meu amor
Que há tempo foi embora
O sabiá laranjeira
Teu cantar que me consola
O sabiá laranjeira
Teu cantar que me consola
Informações

da Música (Sabiá Laranjeira)

Editar Informações

Comentários Sabiá Laranjeira

  • Comentar
      Foto do Álbum