Coração Ferido (Letra)
Compositores: Deosdete Alves, Odaes Rosa
Eu
Sempre eu ao redor desta mesa
Sufocado de mágoa e tristeza
Por amar quem não gosta de mim

Eu
Sou pisado por quem tanto amo
Me maltrata, por isso reclamo
Não aguento viver mais assim

É por isso que estou desse jeito
Pois tenho no peito um coração ferido
Seu desprezo é um punhal que me abre
Somente Deus sabe o que tenho sofrido

Eu
Sempre eu o primeiro a chegar
Se eu saio porque fecha o bar
Pois na rua não há mais ninguém

Eu
Sempre durmo aqui na calçada
Sonho com minha mulher amada
Minha santa, meu anjo, meu bem

Me aparece sorrindo e feliz
E sempre ela diz que não gosta de mim
Gosto tanto daquela mulher
Mas o que ela quer é ver meu triste fim
Informações

da Música (Coração Ferido)

Editar Informações

Comentários Coração Ferido

  • Comentar
      Foto do Álbum