Somente Ela (Letra)
Compositores: Compadre Crispim, Solevante
Na estrada da amargura
O meu amor me deixou
Numa curva do desprezo
No escuro enganador

Eu chorei desesperado
Com a sua decisão
O amor daquela ingrata
Não sai do meu coração

Foi somente ela
Que eu pus no pensamento
Foi somente ela
Que me pôs em sofrimento

('Ô moçada, esta vai para o chão mato-grossense
Aquela gente boa e gente tão querida, o nosso abraço”)

Mesmo sendo desprezado
Continuo querendo bem
Já vi que meu coração
Vergonha ele não tem

Por isso eu choro e reclamo
Este meu destino atroz
Sinto uma dor no peito
Invadir a minha voz

Foi somente ela
Que eu pus no pensamento
Foi somente ela
Que me pôs em sofrimento

('Vamo simbora, moçada!')
Informações

da Música (Somente Ela)

Editar Informações

Comentários Somente Ela

  • Comentar
      Foto do Álbum