Editar Biografia

Biografia Thalles Roberto

Ele já foi backing vocal da banda pop Jota Quest e do Jamil e Uma Noites e participou dos shows de Ivete Sangalo e do cantor Roberto Carlos, mas decidiu abandonar tudo para cantar em nome de Deus. Thalles Roberto é um dos maiores cantores gospel e com muita musicalidade e um vozeirão que mistura pop rock e soul, o compositor e multi-instrumentista – ele toca violão, bateria, guitarra, pandeiro e baixo - usa as suas canções para dar seu testemunho de fé, superação e vitória. Com apenas 4 anos de carreira, Thalles já tem mais de 5 milhões de seguidores nas redes sociais e faz show para um público de mais de 10 mil pessoas. Ele já vendeu mais de 1 milhão de cd’s/dvd’s e seu single de maior sucesso é ”Deus da Minha Vida”. Thalles, inclusive, já ganhou o Grammy Latino na categoria Melhor álbum de música cristã em Língua Portuguesa.

Talento nato

Thalles nasceu em 8 de novembro de 1977, em Passos, interior de Minas Gerais, e é o caçula de quatro irmãos. Ele foi criado em uma casa financeiramente pobre, mas cheia de amor e música. Seu pai era pastor e regente do coral de nossa igreja Sara Nossa Terra e isso se refletia na rotina da família. Vendo o talento do filho, aos 5 anos, o pai o coloca no coral da igreja.

Na adolescência, o garoto monta uma banda, a ”Muitomais”, e toca não só em sua igreja, mas também na Batista, em Lagoinha. Como é muito talentoso, começa a ser procurado por profissionais da música e com o objetivo de aprimorar o seu talento, ele aceita cantar como backing vocal do Jota Quest, onde fica por cinco anos; depois vai para o Jamil e Uma Noites e fica mais dois anos. Ele ainda participa de shows de Ivete Sangalo e da apresentação de fim de ano do rei Roberto Carlos, na rede Globo. Thalles também faz arranjos vocais para César Menotti e Fabiano e como compositor tem músicas gravadas pela cantora Luciana Melo, filha do inesquecível Jair Rodrigues. Nesse período o cantor abandona totalmente o seu trabalho com a igreja.

No entanto, ele conta que vira e mexe sentia vontade de estar mais perto de Deus. Então chega o momento de fazer a escolha e após um show em Brasília, ele tem um surto no quarto do hotel e decide que é hora de parar. Thalles deixa uma carreira estável e um mundo de glamour e aventuras, que envolvia mulheres, bebidas e drogas, para tentar a vida mais próxima de Deus.

O bom filho a casa retorna

Ele volta a frequentar os cultos na Lagoinha e algum tempo depois passa a compor novamente. Thalles então recebe um convite da pastora e cantora da música gospel Mariana Valadão que iria gravar um novo CD e ele aproveita para apresentar algumas canções. Mariana escolhe três, inclusive a que dá nome ao seu disco “De todo meu coração” e o compositor fica feliz da vida com a certeza de que está no caminho certo.

Em 2003, Thalles Roberto grava o “Acústico Gospel”, pela Sony Music e é indicado ao Grammy Latino na categoria Melhor álbum de música cristã em Língua Portuguesa.

Em 2009 ele assina com a Graça Music e lança o seu primeiro projeto gospel “Na sala do Pai”. Esse é o primeiro da trilogia “De volta para a casa do Pai”. As músicas são totalmente autorais e ele conta a sua história e os seus sentimentos, com muito louvor e adoração nas canções “Deus do Impossível”, “Ele é Contigo”, “Deus da Minha Vida”, “Quero Aprender com Jesus”, “Águas que saram”, entre outras. O disco vende 50 mil cópias e junto com o DVD rende disco de ouro para o músico. A música “Deus Da Minha Vida” também ganha um clipe.

Em 2010 é a vez do CD “Raízes”, que é uma compilação e o repertório oferece clássicos da música cristã com novos arranjos criados pelo cantor. O disco é uma redistribuição do “Acústico Gospel”, lançado em 2003, mas dessa vez com menos singles. Algumas canções deste trabalho são “Porque Ele Vive”, “Deus está aqui”, “Ao Chegar Bem Mais Perto de Deus” e “Meu Coração Transborda de Amor”.

E Thalles não para

O cantor e compositor agora participa do álbum “Minhas Canções na Voz dos Melhores – volume 4” cantando a música “Escrita pelo Dedo de Deus”, composta pelo pastor R. R. Soares.

Essa mesma música entra no segundo CD e DVD da trilogia, que chega às lojas em 2011 com o nome “Uma história escrita pelo dedo de Deus”. Este trabalho rende disco de platina duplo e reconhecimento nacional e internacional. Thalles passa mensagens do evangelho através de suas canções e faz shows praticamente todos os dias. O trabalho é gravado na casa de espetáculos Chevrolet Hall, em Belo Horizonte, com um público de mais de cinco mil pessoas e rende CD e DVD duplos. O álbum conta com regravações de músicas do primeiro álbum e participações especiais de cantores de músicas cristãs, como André Valadão, Gabriela Rocha e Victor Aguiar. O sucesso foi tanto que o cantor recebeu disco de platina. A obra inclusive foi indicada ao Troféu Promessas (premiação da música evangélica brasileira) pela música “Escrita pelo Dedo de Deus”. As canções “Me faz Viver”, “Deus da Minha Vida” e “Arde Outra Vez” também fazem parte desta obra. O DVD é premiado com disco de diamante.

Só felicidade

E as coisas só melhoraram para Thalles. Em 2012, ele se torna pastor pela Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra, mas continua com a sua carreira de músico.

No mesmo ano ele lança “Raízes 2” pela Graça Music. Gravado em estúdio, o disco reúne canções cristãs antigas em novas roupagens e têm participações especiais dos músicos, Ed Oliver e Cacau Santos. Alguns singles de sucesso são “Bendito Seja o Cordeiro”, “Cristo Cura Sim”, “O Amor é Tudo” e “Foi na Cruz”.

Em 2013, ele finaliza a trilogia com “Sejam Cheios do Espírito Santo” e na pré-venda emplaca 75 mil cópias. Isso desperta o interesse de programas de televisão e Thalles tem a chance de espalhar ainda mais as suas mensagens. Ele vai ao Esquenta, Altas Horas, Encontro com Fátima Bernardes, Programa do Ratinho, Programa do Raul Gil, Programa do Jô e participa do programa especial de fim de ano da Rede Globo, Show da Virada.
Além de músicas inéditas, neste trabalho está "Maravilha", canção-tema do filme “Três Histórias, Um Destino”, da Graça Filmes. Muito divulgada no canal do youtube da Graça Music, a música contabiliza mais de 660 mil visualizações. O Cd tem 18 canções, entre elas “Dias de Sucesso”, “Cheios do Espírito Santo”, “Amizade com Deus” e “Não deixe o pecado entrar”.

Voo solo

Em 2014, ele deixa a Graça Music e grava o segundo álbum ao vivo, que ganha o nome de “ID3”. Ele é gravado em uma única apresentação ao vivo na Igreja Boa de Neve da Lapa, em São Paulo. O álbum é uma parceria entre a Universal Music e a gravadora Dos3Music, que é do próprio cantor e seu sócio, Daniel Romero. Thalles conta as participações especiais de Naldo Benny em “Quero Sua Vida em Mim”, Déio e Duda Tambasco, baixista do Oficina G3 em “Prazer, Eu Tô Feliz”, Paulinho Fonseca, baterista do Jota Quest, em “Quem É Você?”, Delino Marçal em “Que Amor É Esse?” e Edvaldo Santos em “Dá-me um Coração Segundo o Seu Coração”. O álbum também tem a regravação da música "Faz Chover" da cantora Liz Lanne, além de “Como Agradecer a Ti”, “E Era Assim que Tava Eu”. Este trabalho vem com um CD bônus com 8 canções e conta com “Meu Deus vai Cuidar de Mim”, “O Que Será que Deus está Fazendo Agora?”, “Zion” e “Pai, Eu Quero Te Obedecer”. O DVD junta as canções dos dois Cd’s.

Futuro próximo

Thalles sonha em levar sua música para América Latina e os Estados Unidos com um CD em espanhol. Além disso, quer fazer um CD romântico com as músicas que ele fez para sua esposa. E seus planos não param por aí. Thalles ainda pretende fazer um [b]filme contando a história de sua vida[b]. Hoje, Talles é casado e pai de dois filhos e o maior sucesso de público gospel brasileiro.

Mercado gospel

Thalles já vendeu mais de 1 milhão de cópias de seus trabalho, isso chama a atenção das grandes gravadores. O mercado gospel hoje representa 22% da população brasileira (mais de 42 milhões de pessoas) e movimenta mais de 1,5 bilhões de reais ao ano. Ou seja, esses cantores são muito rentáveis. E viva a diversidade que existe no Brasil.
    Foto do Álbum