O Fogo e a Brasa (Letra)
A mulher do meu sonho é comprometida!
Também tenho outra, meu deus que loucura!
Amor proibido é o merengue da vida
Doce dos amantes até quando dura
A minha riqueza nos braços do outro
Um céu estrelado só vê noite escura
Quando está do meu lado no mundo do amor
Vê tudo brilhante se sente segura...

Fecho a porta do mundo com chave de ouro,
Para ninguém ver nossa grande aventura.

Ela é pro marido o remédio que mata,
Mas é para mim o veneno que cura!
Da janela eu vejo os seu apartamento!
E seus movimentos a cada ensejo!
Da sua janela ela também me vê,
Com o corpo a ferver de tanto desejo...
Os beijos da outra já não me aquecem,
O mesmo acontece com ela também
Lá fora nós somos "o fogo e a brasa"
Que dentro de casa a gente não tem

Da janela eu vejo o seu apartamento,
E seus movimentos a cada ensejo.
Da sua janela ela também me vê,
Com o corpo a ferver de tanto desejo.
Os beijos da outra já não me aquecem...
O mesmo acontece com ela também
Lá fora nós somos "o fogo e a brasa"
Que dentro de casa, a gente não tem.
Informações

da Música (O Fogo e a Brasa)

Editar Informações

Comentários O Fogo e a Brasa

  • Comentar
      Foto do Álbum