As Dez Mais

10 faixas

Lançamento: 1999
As Dez Mais
Add todas

Informações: As Dez Mais

s Dez Mais é um álbum tributo da banda brasileira de rock Titãs. Lançado em 1999 e produzido por Jack Endino, homenageia alguns de seus artistas preferidos. Em 2001, havia vendido 400 mil cópias.[1] É o último álbum de estúdio com o guitarrista Marcelo Fromer, que morreu em 2001.


O repertório, em sua maioria, se estendeu a versões de canções das mais diferentes gerações e vertentes da música pop brasileira. Músicas de grupos contemporâneos dos Titãs foram incluídas no disco, como "Ciúme", de 1985 do Ultraje a Rigor e "Sete Cidades", da Legião Urbana. Outras canções da geração "anos 80" interpretadas pelo grupo foram "Rotina", da banda punk paulistana Inocentes (cujo EP Pânico em SP, que contém a versão original da música, fora produzido por Branco Mello em 1986) e "Um Certo Alguém", de Lulu Santos. A geração dos anos 1990 se fez presente na regravação de "Pelados em Santos", hit de 1995 dos Mamonas Assassinas. Os anos 1960 foram relembrados com covers de "Querem Acabar Comigo", de Roberto e Erasmo Carlos e de "Fuga Número Dois", d'Os Mutantes. E, por fim, os anos 1970 estiveram presentes no repertório com interpretações de "Gostava Tanto de Você" (composição de Edson Trindade e mais tarde interpretada por Tim Maia, morto em 1998) e "Aluga-se", de Raul Seixas. A exceção ficou por conta da regravação de "Circo de Feras", tema de 1987 da banda portuguesa Xutos & Pontapés, com quem os Titãs dividiram shows quando os brasileiros excursionaram por Portugal nos anos 1980 e 1990.

Faixas
N.º
Título
Compositor(es)
Vocais principais
Duração

1.
"Gostava Tanto de Você"
Edson Trindade
Branco Mello
3:59
2.
"Sete Cidades"
Dado Villa-Lobos, Renato Russo, Marcelo Bonfá
Sérgio Britto
3:26
3.
"Circo de Feras"
Tim (Xutos & Pontapés)
Nando Reis
3:50
4.
"Rotina"
Clemente, Marcelino
Branco Mello
3:19
5.
"Querem Acabar Comigo"
Roberto Carlos
Sérgio Britto
3:39
6.
"Fuga nº II"
Rita Lee, Arnaldo Baptista, Sérgio Dias
Paulo Miklos
4:35
7.
"Pelados em Santos"
Dinho
Nando Reis e Branco Mello
3:29
8.
"Um Certo Alguém"
Lulu Santos, Ronaldo Bastos
Paulo Miklos
3:21
9.
"Ciúme"
Roger Moreira
Nando Reis
4:06
10.
"Aluga-se"
Raul Seixas, Cláudio Roberto
Sérgio Britto e Paulo Miklos
3:20
Recepção
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte
Avaliação
AllMusic
3 de 5 estrelas. [2]
Folha de S.Paulo
1 de 4 estrelas.[3]
Escrevendo para a Folha, Lúcio Ribeiro rechaçou o disco, dizendo que ele era mais uma jogada comercial da banda que "parece que desistiu para sempre de compor material novo para encher um álbum". Disse também que o grupo "dizimou" todas as dez faixas do disco, transformando "Rotina" em um "ska sem graça" e tirando o deboche de "Pelados em Santos".[3]

Posicionamento da banda e de Jack Endino
Os membros Branco Mello (vocal), Nando Reis (vocal, baixo) e Sérgio Britto (vocal, teclados) comentaram: "Desde 'Sonífera Ilha', música que foi feita para estourar, brincam com a gente. Nós queremos ser galã de TV. (...) Não existe o sujeito que faz música só para vender. Primeiro, fazemos música para o nosso entretenimento (...) Isso é independente da nossa vontade. Fazemos um produto de consumo. Todo mundo tem o direito de dizer o que quiser, mas, para nós, a prioridade é artística".[4]

O produtor Jack Endino, por sua vez, afirmou que há elementos pop nos dois álbuns anteriores do grupo, os sucessos comerciais Acústico MTV e Volume Dois, e em todos os sete álbuns anteriores ao Titanomaquia (primeiro álbum da banda produzido por ele).[5] Ele disse ainda:[5]


Sou um rockeiro, mas gosto bastante de músicas boas. Se uma música tem boa pegada e boas letras, ritmos, energia, inteligência e emoção, então não é necessário que ela tenha uma 'muralha de guitarras'. De qualquer maneira, o conceito para as 'As Dez Mais' não foi idéia minha. Fiz o melhor álbum que pude, considerando que não eram músicas dos Titãs. Eu te digo que ainda fico bastante feliz com a forma como este álbum soa. Eu não queria as 'cordas' adicionadas às músicas, não foi minha idéia, mas o Eumir Deodato fez um bom trabalho, especialmente em 'Fuga 2'. Como um fã de Titãs, eu teria preferido novas composições deles, mas não era o que a banda queria na época.

Créditos
Titãs
Branco Mello - voz
Paulo Miklos - voz, harmônica, bandolim, banjo e vocais
Nando Reis - baixo (exceto 8) e voz
Sérgio Britto - voz, piano acústico, órgão, Mellotron, Wurlitzer e vocais
Marcelo Fromer - guitarra e violão
Tony Bellotto - guitarra (6 e 12 cordas) e violão (6 e 12 cordas)
Charles Gavin - bateria
Participações especiais
Altair Martins: flugel e trompete
Antonella "Fievel" Pereschi: violino
Bernard Bessler: violino
Cassia Menezes: cello
Dave Marriott: trombone
Eduardo Morelenbaum: regência (RJ)
Eumir Deodato: regência (Nova Iorque|NY)
Jack Endino: baixo ("Um Certo Alguém"), programação e bateria eletrônica ("Fuga NºII"), guitarra e backing vocals ("Aluga-se")
Jesuína Passarotto: viola
Jim Sisko: trompete
Joyce Hammann: violino
Marcio Malard: cello
Maxine Newman: cello
N. Cenovia Cummins: violino
Paschoal Perrota: violino
Paula Prates: violino
Ricardo Amado: violino
Ricardo Imperatore: percussão
Richard Lucker: cello
Robert Shaw: violino
Roberto Marques: trombone
Ron Lawrence: viola
Ronald Carbone: viola
Stuart Mac Donald: sax tenor
Todd Reynolds: violino
Pessoal técnico
Arranjos de base: Jack Endino e Titãs
Arranjos de cordas e metais: Eumir Deodato (exceto "Rotina" e "Ciúmes", por Titãs e Jack Endino)
Estúdios: Iron Wood Studios (Seattle), Hanzeck Audio (Seattle), Avatar Studios (NY), Ar Estúdio (RJ), Blue Studio (RJ) e ARP Estúdio (SP)
Produção executiva: Charles Gavin
Direção artística: Tom Capone
Engenharia de gravação (Seattle): Jack Endino e Kip Beelman
Assistentes de gravação (Seattle): Donn Devore, Kip Beelman e Floyd Reitsma
Engenharia de gravação (NY): Álvaro Alencar
Assistentes de gravação (NY): Gregg Gasperino
Engenharia de gravação (RJ): Álvaro Alencar
Assistentes de Gravação (RJ): André Rattones e Luciano Tarta
Engenharia de gravação (SP): Roberto Marques
Assistente de gravação (SP): Nelson Damascena
Mixagem: Studio X (Seattle)
Engenharia de mixagem: Jack Endino
Assistente de mixagem: Sam Hofstedt
Engenharia de masterização: George Marino e Jack Endino (no Sterling Sound, NY)
Coordenação gráfica: Silvia Panella
Capa: Desenho Brasa
Fotos: Rochelle Costi
Assistente de fotos: Marcelo Zochio
Figurino: Cristiane Mesquita e Lilian Varella
Roadies: Sérgio Molina, Sombra Jones e Viça
Comentários
  • Comentar

    Titãs : Álbuns Mais Tocados

      Foto do Álbum