Sônia (Letra)
Compositores: Prado Júnior, Praense
Foi nesta fazenda que eu a conheci
Eu vim da cidade pra sofrer aqui
Os meus pais são ricos cheio de vaidade
Não quiseram ver a felicidade
De um filho que chora por amar a Sônia
Uma pobre jovem da nossa colônia

Enquanto eu lá na cidade
Estava estudando
Nesta fazenda minha família
Estava tramando

Mandou embora lá da colônia
Meu grande amor
Por isso agora amargurado
Canto de dor

Mas que tristeza passar agora
Pela colônia
Ver a casinha onde morava
A minha Sônia

Triste vazia como vazia
Ficou minha alma
Parece que chora o amor que foi embora
Levou minha calma

('Ô Sonia!”)
Sônia onde está você
Sônia eu preciso saber
('Ô Sonia!”)
Sônia onde se esconde
Sônia por que não responde
('Sônia!”)
Informações

da Música (Sônia)

Editar Informações

Comentários Sônia

  • Comentar
      Foto do Álbum