Dois Astros (Letra)
Que importa ser tão grande a diferença
Que separa nossos modos de viver
Tentei mudar, mas percebi que não compensa
Não mudo nunca o meu modo assim de ser

Serei sempre um grão de areia na estrada
Que a sola das pisadas triturou
Perante a ti eternamente serei nada
Mas para mim serei sempre quem eu sou

Estrela d'alva que você conhece bem
Está sorrindo pra você e para mim
O sol dourado que te aquece lá do além
Aquece o ninho de amor que não tem fim

Nas madrugadas que você sem sono passa
A tristeza te abraça sem ninguém
A lua branca que você vê da vidraça
É a mesma lua que estou vendo também

O sol e a lua e as estrelas coloridas
Testemunham dois amores sem lamento
É impossível de mudar as nossas vidas
Somos dois astros que percorre o sofrimento

Estrela d'alva que você conhece bem
Está sorrindo pra você e para mim
O sol dourado que te aquece lá do além
Aquece o ninho de amor que não tem fim
Informações

da Música (Dois Astros)

Editar Informações

Comentários Dois Astros

  • Comentar
      Foto do Álbum