O Choro Da Goteira (Letra)
Tem uma telha quebrada
No telhado aonde moro
Quando chega a chuvarada
Ela chora, eu também choro

A goteira lá do canto
É sobre meu travesseiro
Se junta com o meu pranto
E forma um rio de desespero

Foi uma pedra atirada
Por um coração fingido
Deixou uma telha quebrada
E meu coração partido

Quando não está chovendo
Que o céu é mais bonito
Pela fresta fico olhando
As estrelas no infinito

A noite que cai sereno
As estrelas dizem adeus
A telha fica encharcada
Igualzinho os olhos meus

Foi uma pedra atirada
Por um coração fingido
Deixou uma telha quebrada
E meu coração partido

E no mesmo céu cinzento
Que é sempre mês de agosto
Pelo trinco entra o vento
Depois bate no meu rosto

Às vezes fico pensando
No tempo que vem e vai
Mas o choro da goteira
Por capricho nunca sai

Foi uma pedra atirada
Por um coração fingido
Deixou uma telha quebrada
E meu coração partido
Informações

da Música (O Choro Da Goteira)

Editar Informações

Comentários O Choro Da Goteira

  • Comentar
      Foto do Álbum