Sociedade (Letra)
Preciso cantar bem alto
Pra isso eu tenho garganta
Eu hoje quero cantar
Porque chorar não adianta

Cantando eu mando pra longe
As mágoas do coração
Preste atenção, por favor
Quem já sofreu por amor
Sei que vai me dar razão

Eu amei uma mulher
Filha de família boa
Que por mim foi escolhida
Pra ser a minha patroa

Mas pra falar a verdade
Eu a amava até demais
Um dia surgiu um sócio
E ela fez um negócio
Que mulher séria não faz

Pensei em fazer loucura
Como muitos já tem feito
Atravessar uma bala
No lado esquerdo do peito

Mas eu tenho muita calma
E meu juízo é maduro
Embora eu tenho vontade
Não se troca a liberdade
Por um corpo sem futuro

Mandei a mulher embora
Pra viver na liberdade
O que juntos construímos
Deixei levar a metade

Sem cometer violência
Fiz um trabalho perfeito
A gente se separou
Ela nunca mais deitou
Na mesma cama que eu deito
Informações

da Música (Sociedade)

Editar Informações

Comentários Sociedade

  • Comentar
      Foto do Álbum