Meu Opala Branco (Letra)
Compositores: Del Rey, Danúbio
Já são altas horas da madrugada
E eu em meu carro vivo a rodar
Vou seguindo a esmo pela estrada afora
Pensando em alguém que não quer me amar

Ela foi embora e não me disse adeus
E nenhuma carta ela me deixou
Um amor tão lindo que eu vi nascendo
Em tão pouco tempo se desmoronou

De que vale este meu opala branco
Com as talas largas e bancos reclinados
Parece que ele está adivinhando
Que está faltando alguém a meu lado

Assim vou rodando pela estrada afora
No banco ao lado não tenho ninguém
Enquanto eu choro um amor perdido
Ela está feliz ao lado de outro alguém

Já são altas horas da madrugada
E eu em meu carro vivo a rodar
Vou seguindo a esmo pela estrada afora
Pensando em alguém que não quer me amar

Ela foi embora e não me disse adeus
E nenhuma carta ela me deixou
Um amor tão lindo que eu vi nascendo
Em tão pouco tempo se desmoronou

De que vale este meu opala branco
Com as talas largas e bancos reclinados
Parece que ele está adivinhando
Que está faltando alguém a meu lado

Assim vou rodando pela estrada afora
No banco ao lado não tenho ninguém
Enquanto eu choro um amor perdido
Ela está feliz ao lado de outro alguém
Informações

da Música (Meu Opala Branco)

Editar Informações

Comentários Meu Opala Branco

  • Comentar
      Foto do Álbum